Por Di Lua, sobre Moda/Beleza, Uncategorized
Dia 30/08/2018

Você já se deparou com uma peça que você achou horrível na primeira vez que viu, mas depois tal peça virou sua queridinha? Pois bem, o mundo da moda é assim. Primeiro a gente torce o nariz, depois experimenta, gosta e está ali usando e amando. Eu já paguei muito a língua em relação à algumas peças, entre elas: mule, calça flare, sandália bloco, e por último a Pantacourt.

Pantacourt

Quando a Pantacourt começou a aparecer novamente, isso porque ela é uma releitura de calças “pantalona cropped” dos anos 90, eu achei que não ficaria bem em mim que sou baixinha e me deixaria ainda mais achatada. Eu não conseguia me imaginar usando a calça, mas comecei a achá-la linda em outras mulheres. Foi aí que experimentei uma calça Pantacourt da Rensga e amei. Foi amor a primeira “vestida”.

 

Acho que o grande desafio ao usar este tipo de calça é saber escolher o calçado, com alguns modelos ela irá casar melhor do que com outros. A dupla Pantacourt com salto fino ou sapatos de bico fino dará uma alongada na silhueta, já com sapatos baixos ou tênis a impressão que dá é que a perna é mais curta, porém há casos e casos, e o importante é a gente gostar da imagem que vemos no espelho. No meu caso, apostei em uma anabela de camurça com o solado de cordas. Na parte de cima, como a calça é listrada, preferi investir em um cropped branco com bordado amarelo, para não deixar o look muito estranho. Amei o resultado e usaria esse look sempre. Como essa Pantacourt da Lojinha Rensga é em viscose, um tecido mais fino, ela é bem fresca e gostosinha de vestir, ideal para usar nesse tempo seco de Goiânia.

Ahhh, e a bolsa de sued linda é da De Flor em Flor

E vocês, gostaram da Pantacourt assim que viram ou foi preciso experimentar uma primeiro? Não gostou de jeito nenhum da peça? comente aqui:

women maxi dresses – Confira alguns vestidos longos aqui.


Por Di Lua, sobre DIY
Dia 28/08/2018
Depois de ver a bolsa de palha em vários looks de it’s girls através do Instagram, passei a procurar incansavelmente pela bolsa. Encontrei alguns modelos no AliExpress, mas o valor do frete e a demora para chegar me desanimaram. Achei que encontraria alguma bolsa na Califórnia, mas nada. Encontrei várias no Mercado Livre, mas o frete dava mais de R$80. Pensei em modos para fazer uma, mas não conseguia pensar em alguma solução.
Até que na semana passada eu fui no Mercado Municipal de Goiânia ( o da Rua 3) comprar um fumo para o meu pai e acabei passando em frente à uma loja de artigos em palha, entre eles cestas, vasilhas e jogo americano (ou seria um descanso para colocar panela quente? rsrs). Quando vi a peça tive o estalo na hora: é deles que irei fazer minha bolsa. Comprei o par  e 1M de fio de palha (palha trançada, vendida por metro).
Materiais para fazer a bolsa:

2 jogo americano de palha redondo ou descanso de panela em palha (comprei os meus no mercado municipal de Goiânia);
zíper;
tesoura;
linha e agulha
máquina de costura;
0,5M de tecido (usei sarja);
60cm de fio de palha para a alça;
cola quente.

Assista o passo a passo da confecção da bolsa aqui:

 


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 22/08/2018

Esse post demorou mas saiu! Los Angeles foi a última cidade em que estive durante minha viagem dos sonhos para a Califórnia, que ocorreu entre abril e maio deste ano. Ao invés de fazer posts contando como foram meus dias na cidade,  como fiz com os posts de San Francisco (aqui), resolvi fazer posts com dicas sobre o que fazer na capital do cinema.

Saber mais sobre as estrelas no Observatório Griffith

O Observatório Griffith é um grande planetário de Los Angeles, localizado no parque de mesmo nome. No planetário, os visitantes tem acesso à telescópios gigantes, explicações e gráficos sobre a rotação da terra, dos planetas, surgimento das estrelas, enfim, tudo sobre os astros e como eles influenciam às mares ou as estações, por exemplo. A vista do observatório Griffith é linda, de um lado o letreiro de Hollywood, do outro Los Angeles vista de cima. entrada no planetário é gratuita, mas algumas palestras especificas são pagas. Além disso, o observatório foi locação de algumas cenas de La La Land.

 

No dia que cheguei em Los Angeles, o pessoal do The Walk of Fame Hostel ia para o observatório, aí aproveitei para ir com eles. Pegamos o metrô na estação Hollywood Highland e descemos na estação Vermont/Sunset Station. De lá, fomos até um ponto de ônibus em frente a estação e pegamos o ônibus Dash Observatory que vai até o Observatório. Assista ao vlog deste passeio aqui.

Se sentir uma patricinha de Beverly Hills

Atire a primeira pedra a pessoa que ama o filme “As Patricinhas de Bervely Hills” mas nunca teve vontade de conhecer o bairro Bervely Hills em Los Angeles, onde moram diversas celebridades.E é impossível estar na cidade do cinema e não querer ir conhecer esse bairro e tirar a típica foto no letreiro de Bervely Hills. O Letreiro está localizado na rua 9390 N Santa Monica Blvd, Beverly Hills , de lá é só atravessar a rua para começar a bater perna pela Rodeo Dr e se maravilhar com as decorações de lojas como Hermès, Chanel, Louis Vuitton, eu não entrei em nenhuma (claro hahaha), mas só olhar vale muito a pena.

Placa de Hollywood

Eu não tinha colocado esse ponto em meu roteiro, pois havia lido que precisa ter muita disposição para chegar no local. Contudo, acabei conhecendo duas brasileiras enquanto estava em Bervely Hills e acabei seguindo elas neste passeio. Fomos de carro até a Dr Street, lá estacionamos e fomos seguindo a pé até chegar no ponto onde está localizada o letreiro de Hollywood. Quase morri no meio do caminho, pois são uns 25 minutos a pé (não dá para ir de carro, pois não tem como estacionar o carro na estrada ou no local, por ser um bairro residencial e porque é proibido ficar andando por ali se você não é morador rs).

Visitar o The Broad Museum

Eu conheci o The Broad Museum, um museu de arte contemporânea, ao ver diversas imagens da xxx, essa instalação da foto abaixo e assim que decidi que iria para Los Angeles entrei no site para ver o valor da entrada, que não existe rsrs. Bem, na verdade a entrada para o museu é gratuita e apenas algumas exposições são pagas. Contudo, você precisa reservar com certa antecedência para não correr o risco de não entrar ou enfrentar uma fila enorme. Vale a pena visitar o The Broad, que tem mais 2.000 obras de arte em sua coleção, entre elas obras de artes famosas de Andy Warhol, Ellsworth Kelly, Sherrie Levine, entre outros.

A primeira imagem é da obra Tulipas, de  Jeff Koons.
Localização: 221 S Grand Ave, Los Angeles, CA 90012, EUA

Se sentir na Itália em Venice

Não tem como não se lembrar de Veneza estando em Venice, distrito a oeste de Los Angeles, isso porque o Venice Canal Historic District foram construídos em 1905 por Abbot Kinney, cujo objetivo era recriar o ambiente de Veneza na América do Norte. Contudo, eles só começaram a ser valorizados a partir de 1992, quando eles passaram por uma reforma. Vale a pena andar pelos canais observando as casas e os pequenos píeres no canal.

Assistir o pôr do sol em Santa Mônica

Localizada na região metropolitana de Los Angeles, Santa Mônica é famosa pelo seu Piér com inúmeras atrações, como o clássico carrossel, de 1922, localizado dentro de um salão; um aquário, lojas de lembrancinhas, restaurantes, e um parque de diversão. Aproveite um final de tarde para conhecer o lugar, evite os fins de semana (fui no sábado e estava lotado), leve lençóis ou canga e aprecie o pôr do sol com a imagem da roda gigante do Pacific Park ao lado.

Já foi a Los Angeles e fez alguns destes passeios? Nunca foi, mas tem vontade de conhecer a capital do cinema? Comente aqui


Por Di Lua, sobre Moda/Beleza, Uncategorized
Dia 21/08/2018

Vocês já sabem que eu amo perder horas na internet passeando nas lojas online, vendo looks, colocando peças no carrinho, essas coisas rsrs. Dessa vez, resolvi fazer uma wishi list com produtos da Zaful de até $25, pois, além da loja viver cheia de promoções, vou compartilhar com vocês um código de desconto de até $12, legal né!?

Zaful Tops – Croppeds

Se tem uma peça que tenho muito em meu guarda-roupa e sempre quero mais são croppeds/tops pois amo usar com calça de cintura média e alta, calça flare e saias longas.

01|02|03

01|02|03

Esses croppeds de manga cumprida são lindos e uma ótima pedida para um tempo mais fresco ou anoitecer, eu usaria fácil fácil com uma calça flare para montar um look mais boho, que eu amo. Já os croppeds de manga curta ou esse azul de alcinha, eu usaria com uma saia longa ou uma calça skinny. Estou apaixonada pela cor desse primeiro.

Zaful dress – Vestidos

Amo vestidos, principalmente pela praticidade na hora de vestir, você não precisa pensar em uma outra peça e caso queira dar um toque a mais é só jogar um kimono, casaco ou colete por cima e está pronta. Nessa seleção resolvi escolher vestidos com estampas que serão tendência no verão 2019, que são as listras e os poás. Ambas estampas, que são clássicas e atemporais, apareceram nas semanas de moda internacional e pouco a pouco vem ganhando destaque nas lojas, ou seja, já é bom começar investir.

01|02|03

01|02|03

A Zaful é uma das minhas lojas online internacional preferida, pois sempre tem novidades, as roupas são lindas e de qualidade, além de sempre ter vários descontos para a gente não deixar a peça só no carrinho, hahaha.

Na hora de finalizar suas compras na Zaful não esqueça de colocar o código “ZFjaned4” para ganhar $3 de desconto nas compras acima de $25; $6 nas compras acima de $50;e $12 nas compras acima de $100.

Vocês já compraram na Zaful, gostaram das minhas escolhas? comente aqui:

*este é um publipost

Páginas12