Por Di Lua, sobre Diário de Goiânia
Dia 18/01/2014
Hoje eu fechei uma parceria que me deixou muito feliz, pois é a primeira loja física e fica aqui na minha cidade, Goiânia. A Bruna Prado Showrrom é uma loja de vestuário com as melhores tendências da moda, como cropped com estampas de frutas, calças destroyed, batas guipir, entre outros.

A Bruna começou vendendo biquínis e parou depois que passou a temporada de praia. Há seis meses ela vende roupas, e há 2 meses ela tem seu próprio espaço no Jardim Goiás, Goiânia (GO). São peças que estão super em alta, de ótima qualidade e preço bom. Além disso, ela ainda envia para todo o Brasil. Corre e veja na página dela todas as peças e valores aqui.

E para iniciar essa parceria com chave de ouro, a Bruna disponibilizou um cropped com estampa de laranja como esse aí da foto para sortearmos aqui. Mas quem não quiser esperar o sorteio e já quiser adquirir o seu é só entrar em contato com ela aqui.
Sorteio:
Regras básicas:
-Curtir a página do Di Lua

-Curtir a página da Bruna Showroom
-Preencher o formulário Abaixo

Chances Extras
-Seguir a @brunapradoshowroom e o @blogdilua no instagram (tem que seguir os dois)
-Seguir o Blog no GFC  aqui do lado

Termina dia 20/02/2014
*Cada chance extra dá o direito a mais uma inscrição
*O correio é por minha conta


Por Di Lua, sobre Diário de Goiânia
Dia 05/05/2013
As vezes eu reclamo, quero fazer as malas e me mudar para bem longe, mas a verdade é que amo minha cidade e sei que ela tem problemas assim como toda capital. Então, o post hoje é uma listinha sobre o quê há de bom em Goiânia, uma iniciativa da Nadima Chalup.

1- Um bom boteco

 


O Birutão que fica na Avenida Independência, em frente ao Wall Mart. As más línguas dirão que lá é ruim, mas discordo totalmente. É um bar bem eclético  até porque tem menu musical, e com certeza você vai ouvir desde o rock do AC/DC até o sertanejo do Fernando e Sorocaba. A comida é ótima, e a porção de batatinha frita com bacon e queijo é a melhor que eu já comi. Além disso tem a melhor caipivinho de Goiânia. Endereço: Av. Independência, 69, Setor Central.

2- Comida típica


Empadão Goiano, que é uma empada recheada com milho, frango, mussarela, linguiça de porco, azeitona, e em muitos casos com pequi que eu já não gosto.

3- WWW



Gyn da depressão, que é uma página no Facebook que solta “pílulas IRÔNICAS” sobre o mundinho goiano”. Goiano curtir de suas manias pode, outras pessoas não.

4- Lugar para curtir uma boa música

 

Café Nice, um ambiente tranquilo com ótimas músicas de fundo para uma boa noite de conversa. Cada dia da semana uma programação diferenciada. Ah e tem um visual bem legal, as paredes são repletas de caricaturas de bandas, cantores e celebridades. Endereço: Avenida T-11, esquina com T-36 Qd. 112 – Lt. 03 – nº 110 – Setor Bueno.

5- Expressão típica
Uai é uai, uai. Não conheço um goiano que não fale “uai”, uma expressão que não tem tradução. Utilizo bastante em exemplificações ou explicações srsrs:
-Laryssa o quê é Empadão Goiano?
-Uai, é uma torta de frango com ….

-Laryssa por que você não foi na festa ontem ?
-Uai, eu cheguei tarde do trabalho e ….

Entenderam o uso do uai?

6- Não existe em nenhum canto do planeta, só em Goiânia


Laranjinha. Não, não é laranja pequena não. Você deve conhecer como sacolé, din din, geladinho, gelado ou chup-chup, mas em Goiânia é Laranjinha. Vez ou outra você se depara com um moço vendendo laranjinha no carrinho. Eu adoro a de maracujá com leite.



7- Uma banda


Pedra Letícia, uma banda goiana de rock formada em 2005. Suas músicas combinam melodia com sátiras ao estilo de vida goiano, como “Camioneta Zero”, a sociedade e todo o resto. Ouça também “Teorema de Carlão”, “Como Que Ocê Pode Abandoná Eu”, “Eu sou Pedreiro”.
Pedra Leticia by Laryssa Gomes on Grooveshark



8- Um lugar para tomar café e jogar conversa fora
Nessa eu fiquei um bom tempo pensando e não consegui decidir…, vou ficar devendo essa.

9- Bom e barato


Nesse item vou citar dois lugares. Primeiro os parques, sim, Goiânia tem muitos e um mais lindo do que outro. A minha dica é pegar um lençol, uns lanchinhos e ir para o Parque Flamboyant no final da tarde, o por do sol no lago é perfeito, e proporciona uma paz interior.
A outra dica é em relação as compras. A Feira Hippie já é nacionalmente conhecida, mas só funciona no final de semana (da noite de sábado até as 15:00 do domingo). Mas se você vem na cidade durante a semana, você tem uma opção melhor ainda: a 44, que é uma região localizada ao lado onde acontece a Feira Hippie, perto da Rodoviária de Goiânia (Setor Rodoviário). Hoje a 44 representa um grande polo industrial de moda de Goiás, e recebe sacoleiros do Brasil todo.



10- Você não pode ir embora de Goiânia sem conhecer

Vou pegar carona na indicação da Nadima, o Centro. No entanto sugiro que você faça duas visitas ao centro da cidade, primeiro em um dia da semana para ver o grande movimento da cidade, observar as pessoas em sua “loucura cotidiana” e conhecer personalidades. Eu adoro fazer isso, principalmente quando estou para baixo, gosto de ver que no fundo todo mundo é humano, ou seja, todo mundo tem problemas.
Divagações interna a parte, volte no Centro no domingo a tarde, quando provavelmente só terá você na rua, e observe a arquitetura Art Déco da cidade, preservada principalmente na região da Praça Cívica até o monumento do Bandeirantes, descendo pela Avenida Goiás. Ah faça isso a pé e com calma.
*fotos retiradas da internet

Dia 31/01/2013

Ontem no primeiro dia do GO Fashion, Semana de Moda em Goiás,
a consultora de moda Erika Palomino falou um pouco sobre o que é moda e com o
que ela está relacionada. Para ela, moda não tem haver somente com as roupas,
mas com um contexto político, social e econômico. “Moda é um sistema que
acompanha o vestuário e o tempo”, completou ela.
A moda vem da palavra em latim “modus”, que
significa modo, maneira. Ela vai surgir com o início das cidades
quando os burgueses queriam parecer com os nobres, e esses por sua vez não
queriam parecer com os burgueses. Nesse aspecto, temos a moda como fator de
diferenciação.
Para a consultora, a moda é um reflexo da sociedade,
sofrendo influência da música, da televisão, do clima, da arte, entre outros,
permitindo a leitura da historia e da sociedade.

Páginas«1 ...101112131415»