Por Di Lua, sobre Diário de Viagem, Moda
Dia 05/07/2017

Quem me acompanha aqui no blog e nas redes sociais sabe que quase sempre estou viajando, e por isso sempre estou pensando em formas para fazer uma mala funcional e que não seja tão grande ou pesada, dependendo do destino. E o que mais aprendi nessa vida de fazer malas, seja para viagens curtas ou longas, é organizar tudo em necessaires, assim evito esquecer muita coisa (pois algumas eu já deixo arrumadas) e deixo minha mala arrumada e com espaço extra.

Sempre levo quatro necessaires quando viajo:

Peças íntimas:

Calcinhas,

Sutiãs,
Biquínis e maiôs;

Produtos de higiene pessoal:
hidratante,
shampoo,
condicionador,
sabonete líquido,
pasta de dente,
fio dental, entre outros.

Remédios e primeiros socorros:
Remédios para dor de cabeça;
Enjoo (sofro muito com isso, então sempre carrego);
Dor de barriga;
Anti-alérgico, entre outros.

Maquiagem:
Base,
Demaquilante,
rímel,
pó,
sombra,
batom, entre outros.

Além disso, sempre carrego uma necessaire de primeiros socorros na bolsa no dia a dia.

Por isso é importante escolher necessaires de qualidade e que se adeque a sua necessidade: se tem divisórias, se o forro é resistente, se é impermeável, entre outros. As necessaires da Gorila Clube (loja online com produtos criativos e originais) são espaçosas, resistentes e bem divertidas, uma boa opção para dar de presente para você mesma ou para aquela amiga que ama viajar. Veja:

Necessaire Mapa do Mundo R$69,90
Necessaire Ancoras R$39,90
Necessaire Fatia de Melancia R$29,90
Necessaire Unicórnio R$44,90
Necessaire Ladrilhos R$79,90
Necessaire Girls Just Wanna Have Fun R$39,90

Ah, as necessaires da Gorila Clube custam a partir de R$29,90 e o site tem frete grátis nas compras acima de R$149 para a região sudeste, e acima de R$199 o frete é grátis para todo o Brasil, ou seja, vale muito a pena.

Saiba mais sobre a Gorila Clube acessando suas redes sociais:

Instragram: @gorilaclube
Facebook: @gorilaclube
Google+: GorilaclubeBr


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 29/06/2017

Vai para Ubatuba, litoral norte de São Paulo, mas não quer só saber de praia? então esse post, baseado em minha experiência na cidade, é para você. Saiba o que fazer em Ubatuba durante sua estadia na cidade.

Ir ao Aquário

Estive em Ubatuba em maio deste ano e aproveitei para conhecer o Aquário da cidade. Apesar de ir várias vezes em cidades com aquário ( tipo Natal), eu nunca tinha ido em um, e fiquei maravilhada em poder ver animais do fundo do mar em um lugar que não fosse a televisão, como as amoreias, os cavalos marinhos, tubarões , arraias (infelizmente esses dois últimos eu já havia visto mortos em Morro Branco/CE), entre outros.

O Ingresso do Aquário de Ubatuba custa R$28 inteira e R$14 meia (crianças, idosos e estudantes). Além disso, há promoções para grupos.

 

 

Assistir ao pôr do sol na Praia do Cruzeiro

Todos os dias a tarde íamos para o Centro de Ubatuba, e em um desses dias fomos a orla da praia do Cruzeiro e a vista é realmente incrível. Aproveite para tomar uma água de coco e apreciar a imensidão do mar.

Ir ao Farol do Cruzeiro

O Farol está bem descuidado, mas vale a pena a visita, uma vez que a vista é incrível e conseguimos ver vários pássaros (acho que martim pescador) pescando peixes entre um vôo e outro.

Visitar as lojas de artesanato

Perto do Farol do Cruzeiro, há uma feira de artesanato que funciona durante toda a semana, mas que conta com mais bancas abertas durante o final de semana. Não achou o que procurava na feira? em frente ela há algumas lojas de artesanato, inclusive o Kasarão. Ela é a maior ( se não me engano) loja de artesanato de Ubatuba e tem desde pequenas lembrancinhas em conchas até carrancas gigantescas. Como o carro já estava cheio ( e eu não tenho lugar para colocar), evitei comprar muito coisa.

Caminhar pela rua Guarani

A Rua Guarani é a principal do Centro de Ubatuba e conta com bares, restaurantes e lojas. Vale a pena passar lá no final de tarde para comer esfirras ou tomar um sorvete.

Além dessas dicas, há muito o que fazer em Ubatuba, como visitar o Projeto Tamar, o Museu do Automóvel ( que funciona principalmente em alta temporada)


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem, Uncategorized
Dia 12/06/2017

Após duas noites e um dia em Capitólio/MG, no sábado, dia 20 de maio, caímos na estrada novamente rumo a Ubatuba/SP.  Com todas as coisas organizadas no dia anterior, acordamos às 6h, tomamos café da manhã na pousada mesmo, e as 7h deixamos a cidade. Cruzamos o sul de Minas, passando por  fazendas, casarões coloniais, capelas no meio de nada, serras e muita paisagem de tirar o fôlego. Inclusive passamos por uma cidade chamada Machado (meu sobrenome rs), mas na pressa para chegar em Ubatuba antes de escurecer, não paramos para fotografar.

Após passar por Pouso Alegre/MG, decidimos que iríamos parar na próxima cidade para almoçar. Contudo, só paramos 1h depois em Paraisópolis, uma cidadezinha em Minas. Almoçamos em um restaurante de estrada, que ficava em cima de um pequeno morro e da janela contemplamos uma paisagem incrível. 

Depois do almoço evitamos parar, pois não queríamos descer a Serra do Mar durante a noite. Passamos por São Bento do Sapucaí – SP, onde comprei 4 caixas de morango por R$8 (arrependi de não ter comprado mais rs), depois passamos em Santo Antônio do Pinhal – SP, uma cidadezinha pequena com estilo europeu (quero voltar para ficar hospedada lá).

Por volta das 16h30 estávamos começando a descer a Serra do Mar, Rodovia Oswaldo Cruz, sentido Taubaté – Ubatuba. Além de ser muito perigosa, a neblina não ajudou nem um pouco, em alguns trechos parecia que já era noite de tão escuro que estava, e o carro não passava de 10km/h. Devagar e com paciência, chegamos na entrada de Ubatuba por volta de 17h e seguimos direto para o flat que eu havia encontrado no Booking, Villa Bela Flats, localizado na Praia da Enseada.

Até que conseguimos desfazer todas as malas e nos acomodar, já estava escuro. Passamos em um supermercado para comprar comida e jantamos em uma pizzaria na praia da Enseada mesmo.

Assistam como foi a viagem de Capitólio à Ubatuba neste vídeo aqui:

No próximo post sobre Ubatuba, darei dicas do que fazer na cidade com base no que fiz durante os dias que fiquei lá.

 


Páginas12345... 24»