Por Di Lua, sobre Cinema, Diário de Viagem
Dia 09/12/2016

ccxp-2016-evanna-lynch-lary-di-lua-5

No último sábado, dia 03 de dezembro, eu fui na Comic Con Experience 2016 (CCXP), evento de cultura pop, realizado entre os dias 1º e 4 de dezembro, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, em SP.  Conheci a Evanna Lynch, a Luna Lovegood de Harry Potter (e este blog tem esse nome por causa dessa personagem rsrs), vi várias cosplayers incríveis, vários estandes com brindes e atrações legais, e muita, mas muita gente reunida com o mesmo objetivo: fazer parte/celebrar a cultura geek/nerd. E sim, foi épico e com certeza irei nos próximos anos.

ccxp-2016-lary-di-lua-3 ccxp-2016-lary-di-lua-4

A CCXP deste ano contou com estandes dos principais estúdios, como Warner, HBO, DC Comics, entre outros, e com vários artistas internacionais, como Vin Diesel ( Velozes e Furiosos), Nina Dobrev ( Diário de Vampiros), Ruby Rose (Orange is the New Black), Milla Jovovich (Resident Evil), Evanna Lynch (Harry Potter), Natalie Dormer (Games of Thrones), David Ramsey (Arrow), David Wenham (Senhor dos Anéis, as Duas Torres), além de ídolos dos quadrinhos, escritores e artistas.

ccxp-2016-lary-di-lua-7

ccxp-2016-lary-di-lua-9

Eu fui na CCXP 2016 especificamente para conhecer a Evanna Lynch, mas aproveitei e fiquei o dia todo na feira. Havia quatro salas com painéis no dia que fui. No inicio fiquei na Sala Cinemark, onde teria o painel da Evanna, premier de Moana, apresentação dos novos Power Ranges, entre outros, mas como eu também queria ver a feira em si, os estandes, as atividades e ações, acabei assistindo apenas o painel da Evanna.

ccxp-2016-lary-di-lua-10

ccxp-2016-lary-di-lua-11

O espaço onde foi realizado a CCXP 2016 é enorme, por isso é impossível ver tudo em um dia só, como tentei fazer. Por causa da quantidade de pessoas, todos os estandes tinham filar quilométricas, e por isso não consegui tirar foto/participar das ações de todos. Nem na loja oficial do Harry Potter (onde as coisas estavam bem caras) eu consegui entrar. Segundo a organização do evento, 192 mil pessoas passaram na CCXP durante os quatro dias, ou seja, muita gente.

ccxp-2016-mari-moon-lary-di-lua-1


ccxp-2016-lary-di-lua-2

Minhas dicas para quem pensa em ir nas próximas Comic Con:

Compre ingresso pelo menos para dois dias, assim você consegue aproveitar mais e ir em todos os estandes;

O ator/artista que você admira estará no evento e você sonha em conhecê-lo? Economize durante o ano e compre o ingresso para tirar foto, vale muito a pena, pois é uma oportunidade única;

Vá com roupas e calçados confortáveis;

Leve lanches;

Se divirta muito.

Quer ver um pouquinho como foi meu dia na CCXP 2016? Assista ao blog abaixo:


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 14/11/2016

toca-hobbit-airbnb-lary-di-lua-4

Você já pensou em viajar e ficar em uma verdadeira toca Hobbit? Em Orondo River Park, Washington (EUA) você pode se hospedar na “Casa Minúscula do Condado (Tiny House in the Shire)”, da Kristie. A construção é inspirada em uma toca hobbit e está localizada na encosta da Columbia River Gorge.

toca-hobbit-airbnb-lary-di-lua-5

A casa, disponível para aluguel no Airbnb, encanta logo na primeira vista com sua icônica porta redonda. Do quarto principal, o hóspede tem uma vista magnífica por uma janela, também redonda. Além disso, todo o interior da casa é decorado inspirado em uma toca do Bolsão. Não tem como não se imaginar em um livro de J. R. R. Tolkien.

toca-hobbit-airbnb-lary-di-lua-6

Para se hospedar na “Tiny House In the Shire”, o hóspede irá desembolsar R$873 pela diária. A toca acomoda duas pessoas, tem aquecimento central e lareira. Segundo a própria descrição da proprietária, a “maioria dos vizinhos serão veados, coelhos, pássaros e galinhas”. Ah, e o perfil da casa no Airbnb conta com 91 avaliações positivas.

toca-hobbit-airbnb-lary-di-lua-2

Eu fiquei encantada assim que coloquei os olhos nessa toca Hobbit, e ela já está na minha wishi list, Hospedagens do Sonho, do Airbnb.

toca-hobbit-airbnb-lary-di-lua-3

Airbnb

O Airbnb é um site comunitário de hospedagens, onde as pessoas alugam um quarto em sua casa ou todo o espaço. Para isso basta se cadastrar no site e pesquisar valores em mais de 34.000 cidades e 191 países. Você se hospeda bem pagando relativamente baixo para isso, e ainda pode ganhar uma renda extra ao locar um espaço de sua residência. O site, foi criado em 2008 em São Francisco, na Califórnia. 

Descobri o Airbnb por indicação de uma amiga. Vou para São Paulo no início de dezembro e estava olhando tarifas de hotéis e hostels na região da Avenida Paulista. Contudo, após ela me falar do site, pesquisei e não tive dúvidas na hora de escolher um apartamento bem localizado e com a diária bem em conta. Após essa viagem, irei fazer um outro post para contar minha experiência.

Ah, quer receber R$85 de desconto em sua primeira viagem? Use meu código: www.airbnb.com.br/c/laryssam169

Ficou com vontade de se hospedar nessa toca hobbit? já conhecia o Airbnb? Me conte aqui nos comentários.


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 03/11/2016

tag-chocolate-viajante-lary-di-lua-4

Eu quase nunca respondo tags aqui no blog, mas quando vi a Chocolate Viajante no Depois dos Quinze eu quis responder na hora, até porque viagens tem tudo haver com o Di Lua né!? A Tag Chocolate Viajante foi criada pela Bru, com a ajuda da Hershey (minha marca preferida de chocolate em barras RS), em que ela escolheu três cidades para responder as perguntas. Para não ficar uma tag muito grande, eu escolhi apenas Buenos Aires.

Chocolate ao leite: sua primeira viagem para aquela cidade.

Em 2012, fui pela primeira , e única, vez para Buenos Aires (ARG) foi uma viagem inesquecível, principalmente por ter sido a minha primeira viagem ao exterior. Havia um rapaz na Faculdade que fazia várias excursões universitárias, e aproveitei meu último ano da graduação para conhecer a Argentina. Uns dois meses antes da viagem, comecei a fazer meu roteiro, a olhar pontos turísticos e rotas. A viagem de ônibus durou umas 54h (sim, quase três dias na estrada), e atravessamos o deserto, congelante, argentino. Chegamos em Buenos Aires durante a noite, a temperatura estava abaixo de 10ºC, e ver o Obelisco me deixou emocionada. A viagem foi ótima, conheci vários pontos turísticos, me diverti com as amigas, arranhei muito no espanhol.

Ovomaltine: o que você queria ter conhecido/feito naquela cidade e ainda não pôde.

Queria ter entrado no Teatro Colón, ido até o Rio Prata, ido em shows de tango, mas o uma semana foi muito pouco para conhecer tanta coisa.

tag-chocolate-viajante-lary-di-lua-2

Meio-amargo: um perrengue que passou na cidade.

Não foi bem um perrengue, mas como eu não falava espanhol muito bem e nem minhas amigas, no primeiro dia da viagem tivemos dificuldade em pagar o transporte público ( era uma catraca que só aceitava moeda e só tínhamos notas de papel), mas o motorista e uma passageira nos ajudaram.

Cookies ‘n’ cream: a melhor lembrança que você tem da cidade.

Do tempo cinza, do frio, da Calle Florida, da Casa Rosada, das Medialuna, da Mafalda, de trocar real por peso e sempre me sentir muito rica RS.

Quer saber mais sobre essa minha viagem à Argentina? Confira os posts que fiz na época aqui.

E aí, gostaram da Tag Chocolate Viajante? Responderam ela também?

tag-chocolate-viajante-lary-di-lua-3


Páginas12345678... 25»