Por Di Lua, sobre Uncategorized
Dia 25/08/2017

A parede de cimento queimado ou de concreto é uma das tendências do momento quando o assunto é decoração. Na Casa Cor Goiás deste ano tinha alguns ambientes com parede de cimento queimado, passeando pelo Pinterest eu sempre me deparado com a tendência e já estou, inclusive, pensando em fazer uma parede assim lá na minha casa (veja vídeo aqui), mas ainda não decidi em qual ambiente ( se no quarto ou sala) . Mesmo sendo simples e relativamente barato, o uso de cimento queimado agrega charme e estilo para qualquer ambiente.

O cimento queimado é bem característico da decoração inspirada no estilo industrial, que apareceu entre as décadas de 50 e 70, quando as pessoas passaram a transformar galpões em lares. Estes espaços eram grandes, com tijolos e tubulações aparentes, além de bastante madeira, concreto e metal.

Cimento queimado na cozinha

cimento queimado

 na sala

cimento queimado

 no quarto

cimento queimado

Cimento queimado no banheiro

cimento queimado

Vocês gostam dessa tendência do cimento queimado? teria vontade de usar em sua casa? Comente aqui

Minha casa está nas últimas etapas burocráticas, então logo logo eu começo a gravar vídeo de faça você mesma lá, fazer posts de decoração, compras e muito mais :3. Então já se inscrevam no meu canal (aqui) e fiquem ligadinhos no instagram (@larydilua).

Por Di Lua, sobre Uncategorized
Dia 21/07/2017

Você ama o estilo boho e sempre adota ela na hora de montar os looks? Que tal utilizá-lo também na decoração da sua casa?

O estilo boho é caracterizado pela mistura de vários estilos, mas principalmente o hippie, étnico, folk e o boêmio, e representa bastante atitude e conforto. Quem segue o blog há mais tempo sabe que eu amo esse estilo e sempre estou tentando incorporar alguns detalhes também no meu quarto ( lembram que eu já ensinei a fazer essa bandeirinha boho e esta luminária?).

Por isso, neste post vou mostrar como é fácil decorar sua casa e deixá-la com uma pegada boho.

Invista em almofadas e tecidos étnicos

Plantas nos ambientes

Trabalhos artesanais, invista em rendas, macramés, e outros

Utilize mantas de pelúcia, étnicas ou feitas a mão sobre o sofá ou cama

Invista também em almofadas e puffes com estampas étnicas, bordadas, de renda ou de croché

Tons terrosos, estantes e objetos em madeira também dão um toque boho na decoração

Você gosta do estilo boho? e boho na decoração? Comente o que você achou aqui


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem, Uncategorized
Dia 12/06/2017

Após duas noites e um dia em Capitólio/MG, no sábado, dia 20 de maio, caímos na estrada novamente rumo a Ubatuba/SP.  Com todas as coisas organizadas no dia anterior, acordamos às 6h, tomamos café da manhã na pousada mesmo, e as 7h deixamos a cidade. Cruzamos o sul de Minas, passando por  fazendas, casarões coloniais, capelas no meio de nada, serras e muita paisagem de tirar o fôlego. Inclusive passamos por uma cidade chamada Machado (meu sobrenome rs), mas na pressa para chegar em Ubatuba antes de escurecer, não paramos para fotografar.

Após passar por Pouso Alegre/MG, decidimos que iríamos parar na próxima cidade para almoçar. Contudo, só paramos 1h depois em Paraisópolis, uma cidadezinha em Minas. Almoçamos em um restaurante de estrada, que ficava em cima de um pequeno morro e da janela contemplamos uma paisagem incrível. 

Depois do almoço evitamos parar, pois não queríamos descer a Serra do Mar durante a noite. Passamos por São Bento do Sapucaí – SP, onde comprei 4 caixas de morango por R$8 (arrependi de não ter comprado mais rs), depois passamos em Santo Antônio do Pinhal – SP, uma cidadezinha pequena com estilo europeu (quero voltar para ficar hospedada lá).

Por volta das 16h30 estávamos começando a descer a Serra do Mar, Rodovia Oswaldo Cruz, sentido Taubaté – Ubatuba. Além de ser muito perigosa, a neblina não ajudou nem um pouco, em alguns trechos parecia que já era noite de tão escuro que estava, e o carro não passava de 10km/h. Devagar e com paciência, chegamos na entrada de Ubatuba por volta de 17h e seguimos direto para o flat que eu havia encontrado no Booking, Villa Bela Flats, localizado na Praia da Enseada.

Até que conseguimos desfazer todas as malas e nos acomodar, já estava escuro. Passamos em um supermercado para comprar comida e jantamos em uma pizzaria na praia da Enseada mesmo.

Assistam como foi a viagem de Capitólio à Ubatuba neste vídeo aqui:

No próximo post sobre Ubatuba, darei dicas do que fazer na cidade com base no que fiz durante os dias que fiquei lá.

 


Páginas123456... 169»