Por Di Lua, sobre Moda
Dia 08/09/2015

Vidalt caio martins lary di lua   (2)O designer Vidalt (Caio Martins) trabalha como artista visual e desenvolve projetos de customização em geral, inclusive painéis gigantes. Mesmo o interesse pela arte surgindo cedo, foi só em 2013 que ele começou a desenvolver uma proposta artística em que deu vida a suas obras escondidas em sketchbooks (caderno de esboço).

“Minha arte está em constante movimento. Rompe a barreira do estático, e flui ao percorrer diferentes plataformas para interagir com o espectador”.

Nascido em São Paulo, Vidalt se formou em design de produto em 2011 e, desde então, trabalhava em escritórios de arquitetura e posteriormente como freelancer. Contudo, com o passar dos anos, ele sentiu uma necessidade maior de se expressar artisticamente, e é aí que tudo começou.

Vidalt caio martins lary di lua   (1)

Vidalt conta que sempre se interessou por arte, mas que não aceitou logo de cara. “É muito comum as pessoas gostarem de arte, independente da vertente, mas não cogitarem a ideia de trabalhar com isso. As vezes por falta de apoio dos familiares, ou simplesmente por sentir a pressão da sociedade, essa atividade torna-se apenas um hobbie. No meu caso não foi muito diferente…”, explicou.

Vidalt caio martins lary di lua   (3)

 A mudança veio em março de 2013, quando ele fez uma viagem curta pela Europa que o ajudou a ver sua vida por outra perspectiva. “Já produzia muitas coisas em sketchbook, mas tinha certo bloqueio de mostrar esses trabalhos. Assim, quando retornei para o Brasil, foquei o pensamento em explorar esse meu lado mais artístico. Desde então venho trabalhando como artista visual desenvolvendo projetos de customização em geral”, afirma o designer.

Em maio de 2014, Vidalt recebeu um convite para realizar sua primeira exposição solo. O curador queria uma arte na parede, e mesmo nunca tendo feito isso, Caio topou. Ele disse que demorou uma semana para realizar um trabalho que hoje ele faz em algumas horas. “Lembro que [realizei o trabalho] morrendo de medo, mas foi a melhor experiência que tive. O resultado ficou interessante, e fiquei apaixonado por trabalhar naquela escala, e dali em diante não parei mais”, destaca.

Vidalt caio martins lary di lua   (4)

O trabalho do designer caminha pela arte abstrata explorando as possibilidades do orgânico e geométrico, trabalhando volumes, perspectivas e contrastes monocromáticos. Para isso, ele utiliza uma combinação de técnicas, o FreeHand (que permite que o traço fique completamente livre ampliando as possibilidades construtivas), e Pontilhismo (adotado para trabalhar luz e sombra instigando constantemente o olhar do espectador). Utiliza diferentes tipos de materiais e plataformas para gerar intervenções artísticas expressas em quadros, objetos e paredes por onde podem fluir e interagir com o espectador.

Vidalt caio martins lary di lua   (7)Escritório/Foto: Vidalt

A rotina da produção do artista é bem manual, 80% de seus trabalhos ou são feitos a mão, ou com parte dos estudos produzidos a mão. Como ele trabalha com FreeHand, os seus trabalhos são exclusivos.

Vidalt caio martins lary di lua   (8)Galeria Kabul/Foto: Vidalt

Em 2014 , Vidalt participou da maior feira de criatividade da américa latina, a PIXEL SHOW, como artista convidado da marca POSCA. Recentemente, ele produziu um painel juntamente com um outro artista, para a maior feira de design e negócios do Brasil, a Craft Design, na semana do Design Week.

Vidalt caio martins lary di lua   (9)

Garrafas Bar/Foto: Vidalt