Por Di Lua, sobre Diário de Viagem, Uncategorized
Dia 26/07/2013

Portal em formato de Disco Voador na entrada da cidade

Localizada há 230 km de Brasília-DF e a 412 km de Goiânia-GO, Alto Paraíso é uma cidade cercada de beleza naturais e misticismo. A cidade pertence a Chapada dos Veadeiros (criado em 1961), unidade de conservação ambiental que abrange uma área de 65 514 de cerrado de altitude, abrigando uma rica e diversificada flora e fauna. Para aproveitar a última semana de férias da minha mãe, decidimos conhecer a cidade e a Chapada.

Chapada dos Veadeiros

Recentemente a cidade ficou conhecida pelo seu ar esotérico, que ganhou força com o “último” fim do mundo (21.12.2012), que de acordo com o calendário maia, encerraria um ciclo de 5.125 anos. Isso porque a cidade é cortada pelo paralelo 14, que também atravessa Machu Picchu, no Peru, e está em uma placa enorme de quartzo, de 4 mil metros quadrados, cercada por rochas e paredões. Os místicos acreditam que a região é o coração magnético do país e que a força dos cristais protege a cidade de qualquer profecia apocalíptica. 


No entanto, a dona da pousada em que ficamos nós disse que nem todo mundo da cidade acreditava nessa história de fim do mundo e o quê ocorreu foi uma grande especulação. Em dezembro do ano passado, diferente do quê foi anunciado pela impressa, a cidade não ficou lotada de pessoas que acreditavam no fim do mundo, e que essa história vinculada pela mídia só serviu para afastar os turistas, que adiaram a ida a cidade por achar que ela estaria lotada.

Mesmo assim, a cidade não perdeu seu ar místico, que é proporcionado pela quantidade de pedras e cristais presente na região. Muitas pessoas acreditam no poder de cura dos cristais, que há muitos anos vem sido usadas para a busca do equilíbrio físico e espiritual. Alto Paraíso é aconchegante , cheia de hippies e turistas.  No primeiro dia conhecemos alguns mirantes da Chapada e lojas de artesanatos da cidade.

A cidade é cheia de lojinhas de cristais e pedras