Por Di Lua, sobre Diário de Viagem, Moda
Dia 04/12/2014
Jardim da Luz

Durante minha viagem a São Paulo, na semana passada, tirei o domingo para conhecer alguns museus da cidade. Além de ir na exposição do Castelo Rá-Tim-Bum no MIS, fui também na Pinacoteca e no Masp.

Na Pinacoteca não tivemos muito sorte, pois chegamos lá por volta das 14h, devido a demora no MIS, e a fila estava virando o quarteirão. Pelo visto, todos os turistas que estavam na cidade resolveram prestigiar a exposição do Ron Mueck (escultor australiano hiper-realista famoso por suas esculturas humanas gigantes) no mesmo dia 🙁 .  Então entramos na Estação da Luz,  pegamos o metro em direção a Av. Paulista, comemos e fomos ao  Masp.
Pinacoteca
Fundada em 1905 e regulamentada como museu público estadual desde 1911, a Pinacoteca do Estado de São Paulo é o mais antigo museu de arte de SP e um dos mais importantes do país. Situada no Jardim da Luz, no centro da capital paulista, o museu foi projetado por Ramos de Azevedo e Domiziano Rossi para ser a sede do Liceu de Artes e Ofícios.

Jardim da Luz

Visitamos o jardim na semana de seu aniversário de 216 anos e que por isso estava cheio de gente e com diversas programações. Originalmente um jardim botânico, foi transformado em jardim público no fim do século XIX. Está localizado ao lado da Estação da Luz, próximo ao Museu de Arte Sacra de São Paulo e ao Departamento Histórico da Prefeitura do Município.

 

Estação da Luz

Com estética vitoriana, a Estação da Luz foi projetada pelo Barão de Mauá para suceder a primeira estação (1867), e construída entre 1895 e 1901 sob a supervisão do engenheiro James Ford, com matéria-prima da Inglaterra. O objetivo era abrigar a nova companhia São Paulo Railway, empresa natural da Grã-Bretanha. Na época ela foi utilizada também para o transporte de café para o porto de Santos. Atualmente, é parte integrante da Companhia Paulista de Trens metropolitanos (CPTM) e do Metrô de São Paulo.



MASP

Fundando em 1947 por Assis Chateaubriand, e localizado desde 7 de novembro de 1968 na Avenida Paulista, o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand é uma das mais importantes instituições culturais brasileiras. O edifício projetado pela arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi é famoso pelo vão-livre de mais de 70 metros que se estende sob quatro enormes pilares. Concebido pelo engenheiro José Carlos de Figueiredo Ferraz, o edifício é considerado importante exemplo da arquitetura brutalista brasileira e um popular ícone da capital paulista.
Av. Paulista com o MASP ao fundo

 

A ponte japonesa sobre a lagoa das ninfeias em Giverny – Claude Monet

 

Virgem com o Menino Jesus – Mestre de San Martino Alla Palma


Gothic Owl disse:
Dia 06/12/2014 às 00:47

Bateu uma saudade da minha cidade querida!

Amei sua saia…

gothicowl.blogspot.com

Dia 07/12/2014 às 14:30

Ai tenho uma enorme vontade de ir passar um final de semana em sampa e conhecer varios museus, a liberdade, compras e etc … que delicia o sue passeio … e adorei o look

Beijos ^^
http://www.blogavontade.com