Por Di Lua, sobre Uncategorized
Dia 11/01/2012

Estávamos lá, apenas nos dois e as estrelas. Sempre tive uma imensa fascinação por elas, seres luminosos que me intrigam, mas que iluminam meus caminhos. E agora , ele também me fascinava. Talvez pelo jeito que agiu, pelo jeito que me olhava, e pelo jeito que me tratava.

Tudo parecia tão simples e tão bom quando estávamos juntos. Eu poderia passar horas só curtindo a companhia dele, que isso me faria bem.

E agora, as estrelas testemunhavam o nascimento de um grande sentimento, o qual  eu esperava que fosse infinito, assim como o universo. E quando uma estrela cadente cruzou o céu, foi o que pedi. Mas isso, só o tempo iria dizer.
obs.: Texto para o projeto Bloínquês .


Dia 12/01/2012 às 01:57

Nada como as estrelas para nos trazer bons sentimentos, ai ai…
Belas palavras!
=D

Lolis Almeida disse:
Dia 12/01/2012 às 21:34

Olá Lari,

Adorei o texto! Como é isso do proketo Bloínguês? Como faço para participar!
Andas muito inspirada! É o amor que tem te deixado assim, pois?
😀
Obrigada pelos comentários no meu blogue! bjus

Lolis Almeida disse:
Dia 12/01/2012 às 23:45

Amiga, me interessei pelo primeiro tema, o da saudade. Por favor me manda o e-mail para que tenho que mandar ok?
Manda-me no meu e-mail que eu vejo melhor. Obrigada
bjus

Dia 14/01/2012 às 00:14

Já viu a promoção que ta rolando solta no blog O Leitor?
Ainda não?
Então corre, que até o dia 05 de Fevereiro você ainda pode concorrer a um dos 6 livros que estão sendo sorteados.
Beijos e espero você lá,

Pamela.