Por Di Lua, sobre Uncategorized
Dia 12/03/2013
Grifo 

 

O Grifo é uma criatura mitológica com cabeça e asas de águia e o corpo de leão, que botava ovos de ouro em ninhos também de ouro. A criatura que provavelmente teve origem no Oriente Médio ( Voltaire o cita em sua novela ” A Princesa da Babilônia”) era esculpida frequentemente em estruturas arquitetônicas. Na Grécia, os grifos eram guardiães tanto da cratera e vinho do Deus Dionísio como do tesouro de Apolo situado no país dos Hiperbóreos.O Grifo simboliza sabedoria, e hoje é figura constante em brasões e moedas, como a Lira Italiana.
.
Segundo Newt Scamander ( Animais Fantásticos e Onde Habitam) os grifos são utilizados para guardar os tesouros dos bruxos e se alimentam de carne crua. Os grifos podem cruzar com éguas, dando origem aos hipogrifos, Bicuço é um exemplo. Os grifos são inimigos mortais dos basiliscos.

 

Hipogrifo 
 

 

 

Originário do cruzamento da égua com um grifo,o hipogrifo tem a cabeça e o dorso dianteiro de águia e o corpo de cavalo . A criatura aparece em lendas medievais sendo caracterizado como um animal de estimação de um cavaleiro ou de um feiticeiro. Constituía-se num excelente corcel de batalha, capaz de atingir a velocidade do raio. Do hipogrifo é dito ainda ser onívoro, comendo tanto plantas quanto carne. Parecia ser mais fácil de domar do que o grifo.
bicuço-lary-di-lua
Bicuço
Segundo Newton Scamander, o hipogrifo é nativo da Europa, embora seja encontrado no mundo todo atualmente. Ele pode ser domesticado, mas por peritos, fazendo uma reverência e mantendo o contato visual. Ele se alimenta de aves e pequenos mamíferos.
*Newton “Newt” Ártemis Fido Scamander (nascido em 1897) é um famoso Magizoologista e autor de Animais Fantásticos e Onde Habitam. Um Magizoologista é uma pessoa que estuda animais mágicos (Magizoologia), que podem eventualmente ser também referidos como bruxos naturalistas. Personagem e conceitos criados pela J.K. Rowling.


Anônimo disse:
Dia 15/03/2013 às 22:22

Só sei que Kratos passa o ferro no Grifo.

Anônimo disse:
Dia 15/03/2013 às 23:24

engraçado, lendo o último posto até parece que esse troço existe mesmo, quase me convenceu.

Dia 17/03/2013 às 03:28

Ai ai… Não tem como não viajar com criaturas mágicas.
Adorei o post!