Por Di Lua, sobre Uncategorized
Dia 10/10/2012
Alberto Vargas (1896-1982) um artista plástico peruano,
começou a retratar no ano de 1916 em Nova York, o estilo das garotas
americanas, ai quais haviam o fascinado. Nos anos 40, a revista Esquire publicou um calendário com as garotas
criadas por Vargas (Varga Girls) que virou um sucesso imediato. 
Durante os anos da Segunda Guerra Mundial, as pin-ups de Vargas
viraram símbolos patrióticos e estímulo aos soldados americanos. O artista
tornou ilustrador da revista Playboy, que desde o seu lançamento em 1953 foi
uma das maiores divulgadoras das pin-ups. 

Com o final da Segunda Guerra, houve uma ascensão da cultura pop e
do american
way of life
 , e
as pin ups ganharam novas versões em diferentes estéticas e em outras
culturas. O cinema incorporou as pin-ups ao seu universo, destacando em
Hollywoody atrizes como Marilyn Monroe e Jayne Mansfield, enquanto na Europa
surgiram Sophia Loren e Brigitte Bardot. Mulheres bonitas com seios volumosos,
cinturas finas, quadris bem delineados, pernas torneadas e ar sensual, eram os principais
atributos das pin-ups. Nessa década, a figura sensual dessas ilustrações,
serviam para driblar o moralismo presente na sociedade, uma quebra de valores.
Nos anos 60, com o surgimento da Pop Arte, a fusão das pin-ups com
a nova estética foi imediata, primeiro porque o movimento fazia uma critica a dominação
que os objetos de consumo passaram a exercer sobre a sociedade e, depois,
porque conceitualmente um dos objetivos da Pop Arte era o da transformação do
vulgar em refinado.
Nos anos 70
as pin-ups perderam bastante seu espaço, devido a liberalização dos costumes e
o avanço da pornografia, mas se fizeram presente na cultura pop. Em meados dos anos
80 há uma retomada da estética das pin-ups incluindo elementos
futuristas e fetichistas. Hoje a figura das pin-ups  causam um certo fascínio, e está presente no
estilo de diversas celebridades e garotas . 

Para compor um estilo Pin-up, vale apostar no navy, olhos delineados ( do tipo gatinha) , e nos cabelos: topete ou tiaras