Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 01/04/2016

Mina da Passagem (4)

No domingo, 13 de março, fomos conhecer as Minas da Passagem, a maior mina de ouro aberta à visitação do mundo, que está localizada no Município de Mariana – MG. Pegamos um ônibus de Ouro Preto a Mariana e em 10 minutos estávamos descendo no ponto que fica em frente a Mina.

Mina da Passagem (5)

Descemos para as galerias subterrâneas, que chegam a 315m de extensão e 120m de profundidade, de trolley (aqueles carrinhos usados por mineradores). E ao passo que vamos adentrando a galeria a temperatura vai caindo (variando de 17°C – 20°C durante todo o ano). Após uns sete minutos descendo, chegamos a um trecho que o trolley para e continuamos a visita a pé.

Mina da Passagem (2)

O passeio pelo interior da mina dura menos de meia hora, mas é cheio de informações e curiosidades. O guia conta a história das Minas da Passagem, os minérios que ainda são encontrados ali (como a pirita, quartzo leitoso, grafite, entre outros), e a quantidade de ouro retirada no período de exploração. Durante o seu esplendor foram retiradas 35 toneladas de ouro aproximadamente.

Mina da Passagem (8)

O ponto alto da atração é o lago formado pelo lençol freático. No inicio da exploração da mina, se usavam bombas ininterruptamente para controlar o nível da água, contudo, como a mina ficou inativa entre 1954 e 1960, as galerias mais profundas foram inundadas, formando assim o lago. As Minas da Passagem conta com sete entradas, mas cinco delas já estão submersas.

História

Mina da Passagem (9)

A Vila da Passagem, entre Mariana e a antiga Vila Rica de Nossa Senhora do Pilar de Ouro Preto, foi fundada em 1719, época em que os mineiros subiam o Ribeirão do Carmo em busca do ouro, que era abundante. As primeiras jazidas de Passagem foram descobertas também em 1719. Entre os anos de 1729 a 1756, as “licenças” para exploração das jazidas foram concedidas a diversos mineiros, porém, ao longo dos anos, a Mina passou a ter um único dono: Barão Eschewege. Após alguns anos o Barão desinteressou da mineração e a Sociedade Mineralógica passou para o Inglês Thomas Bawden, que após trabalhar quatro anos, revendeu-a a Thomas Treolar, representante da nova empresa em formação, a “Anglo Brazilian Gold Mining Company Limited”, que encampou a Sociedade Mineralógica de Passagem.

Mina da Passagem (7)

Com a mão-de-obra totalmente escrava, a mineração era realizada a céu aberto ou em pequenos espaços subterrâneos, que era finalizada quando atingiam o lençol freático. O ouro era retirado principalmente dos Itabiritos (é uma rocha metamórfica química ou vulcanoquímica finamente estratificada) e Jacutinga (itabirito aurífero em processo de decomposição). A primeira empresa mineradora do Brasil, sob o nome de Sociedade Mineralógica de Passagem, estava constituída. Um engenho também foi construído e foi estabelecido um plano de lavra subterrânea. Mas foi só em 1800 que se descobriu ouro nos quartzitos, nos xistos grafitosos e nos dolomitos.

Mina da Passagem (1)O ouro é só essas pedrinhas amarelas

Minas da Passagem: Rua Eugênio Eduardo Rapallo, 192, Passagem de Mariana, Mariana – MG. Visitação: De segunda a terça, das 9h às 17h, e de quarta a domingo, das 9h às 17h30. R$ 50,00. Crianças de até 12 anos pagam e estudantes pagam meia entrada.

Confira o vlog de Ouro Preto aqui.

E aí, o que acharam desse passeio?



Dia 01/04/2016 às 23:23

Por isso que amo tanto Minas Gerais <3 Estado riquíssimo em história! Este pedaço de Mariana, Ouro Preto, Diamantina então nem se fala rsrs
Eu adorei conhecer mais sobre esta Mina. Ela corre o risco de inundar inteira?
Espero poder visitar um dia 🙂
Beijão

Di Lua disse:
Dia 02/04/2016 às 23:37

Acho que corre sim, mas vai demorar um pouco ainda.
Visite mesmo, vale muito a pena.
Beijos

Lorena Almeida disse:
Dia 06/04/2016 às 11:52

Laryssa, parabéns pelo seu blog! Cada vez que venho aqui ele está ainda mais rico e interessante! Continue assim e fará muito sucesso! Beijos linda! <3

Di Lua disse:
Dia 06/04/2016 às 13:42

Own, obrigada Lorena. Fico tão feliz com sua visita e em saber que sempre vem ver meu cantinho.

Beijos, saudades <3