Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 11/12/2018

*Igreja Santa Rita

No feriado do dia 15 de novembro fui para Uberaba (a 467km de Goiânia), cidade do triângulo mineiro com minha família. No ano passado passamos pela cidade quando íamos para Araxá e acabamos conhecendo o Santuário da Medalha Milagrosa. Minha mãe gostou muito da igreja e quis voltar esse ano, e eu que não recuso uma viagem resolvi ir. Com uma rápida pesquisa pela internet, percebe-se que Uberaba não é uma cidade muito turística, mas que há sim algumas opções legais de passeio, como: conhecer e apreciar as várias igrejas católicas da cidade; ir no Museu do Dinossauro, em Peirópolis (tema do próximo post); conhecer a casa onde viveu Chico Xavier; ir em cachoeiras; e visitar os museus (se eles tiverem abertos rs).

Saímos de Goiânia na quinta-feira, 15, por volta das 08h30 e chegamos em Uberaba umas 15h. No caminho paramos no posto Caipirão, em Goiatuba/GO, para um lanche e almoçamos em Uberlândia, já em minas Gerais. Fizemos o check-in no Hotel Flor de Minas, descemos as malas do carro e fomos nos museus de Arte Decorativa (MADA), Arte Sacra e da Mojiana, mas todos estevam fechados. Como ficamos apenas um dia inteiro na cidade (chegamos na quinta-feira e viemos embora no sábado, 17) não conseguimos voltar nestes museus nos outros dias.

A minha ideia era ir em Peirópolis no dia que chegamos lá, pois o Museu do Dinossauro abre no feriado e a conhecer os outros museus e igrejas na sexta-feira, mas, como chegamos tarde, acabamos invertendo a programação e encontrando quase tudo fechado. Então lá vai minha dica: evite museus e igrejas em cidades que não são tão turísticas nos feriados, a chance deles estarem fechados é enorme. De toda forma, confira abaixo dicas de alguns passeios.

O que fazer em Uberaba?

Conhecer e se encantar com a arquitetura das igrejas católicas
Igreja de Santa Rita: A Igreja de Santa Rita foi construída em 1854, e tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1939. Nela está instalada o Museu de Arte Sacra da cidade, que tem um acervo rico em peças barrocas dos séculos XVIII e XIX. Infelizmente o museu estava fechado no dia da nossa visita. Localização: Praça Manoel Terra – Estados Unidos, Uberaba.

Igreja de São Domingos: Em 1881, os sacerdotes dominicanos realizavam os ofícios religiosos na igreja de Santa Rita, mas com o aumento do número de pessoas na comunidade, iniciou-se em 1889 a construção de uma igreja dedicada a São Domingos. Ela foi inaugurada em 1904, ainda inacabada (sem as torres e abóbadas centrais). A Igreja tem um estilo neogótico e é muito imponente. Localização: Rua Lauro Borges, 272 – Estados Unidos, Uberaba.

 


Igreja da Medalha Milagrosa: Em 1830, No dia 27 de novembro de 1830, Santa Catarina Labouré, da Congregação das Filhas da Caridade, em Paris, teve uma visão de Maria. Na ocasião, Maria mostrou o modelo da medalha que ela desejava fosse cunhada como sinal de grandes graças que ela obteria junto de Jesus. A medalha foi cunhada dois ano depois da visão e várias cópias foram distribuídas iniciando assim uma devoção. Apesar de não ser a padroeira de Uberaba, o Santuário da Medalha Milagrosa foi inaugurado em 26 de novembro de 1961 e atraí muitos devotos. Localização: Rua Medalha Milagrosa, 123 – São Sebastião, Uberaba.

 

Memorial Chico Xavier

Aprender um pouco mais sobre viveu Chico Xavier

Chico Xavier, um dos mais importantes expoentes do Espiritismo, viveu durante muitos anos em Uberaba/MG. Muitos fiéis vão à cidade para conhecer a Casa de Memórias e Lembranças Chico Xavier, casa onde ele viveu até falecer em 2002.  No mesmo bairro se encontra o “Memorial Chico Xavier”, construído em homenagem ao médium, cujo acervo conta com vários jornais, revistas, fotos, livros e manuscritos sobre Chico Xavier. A entrada em ambos locais são gratuitas e vale a pena conhecer mesmo se você não for espírita.

Casa de Memórias e Lembranças Chico Xavier: Rua Dom Pedro I, 165 – Parque das Américas, Uberaba

Memorial Chico Xavier: Avenida João XXIII, 2011 – Parque das Américas, Uberaba

Sei que este post ficou bem “religioso”, mas no próximo falarei sobre as Cachoeiras próximas à Uberaba e a visita ao Museu do Dinossauro.