Por Di Lua, sobre Dicas de Goiânia
Dia 02/10/2018

Na série “Conhecendo Goiânia” desta semana foi ao ar o vlog no Museu Pedro Ludovico Teixeira, localizado próximo a Praça Cívica. A visita, que é guiada, conta, por meio do acervo, a história da família Teixeira e sua contribuição durante os primeiros anos da capital goiana.

Museu Pedro Ludovico Teixeira

O Museu Pedro Ludovico Teixeira funciona na casa onde viveu o responsável pela fundação de Goiânia, o médico Pedro Ludovico Teixeira, com sua esposa, Gercina Borges e seus filhos. Seu objetivo é preservar, conservar, restaurar e ampliar todo o acervo ligado à história de Goiânia.

Com arquitetura Art Déco, a casa preserva vários objetos pessoais da família, como móveis, baús, roupas, entre outros. O projeto é de Atílio Corrêa Lima, arquiteto e urbanista responsável também pelo projeto arquitetônico de Goiânia.

O museu está localizado na Rua Gercina Borges esquina com a Rua 25 no Centro. Ele abre de segunda a sexta, das 9h às 17h, e aos finais de semana e feriados das 9h às 15h. A Entrada é gratuita.

Transferência da capital

Pedro Ludovico Teixeira foi nomeado interventor de Goiás em 1930 por Getúlio Vargas, que desejava renovar as forças políticas dos estados. Ele então logo iniciou o processo de mudança da capital, que já era discutido há algum tempo.

A necessidade de localizar a capital conforme interesses econômicos fez com que ela fosse transferida de Vila Boa (atual Cidade de Goiás) para uma região mais central e mais plana do estado. Em 1932 foi organizada uma comissão para escolher para onde a capital seria transferida, e assim a nova capital foi definida nas proximidades da cidade de Campininha das Flores, atual bairro de Campinas.

O nome da capital foi escolhido através de um concurso entre a população, e o nome vencedor, Goiânia, foi sugerido pelo professor Alfredo de Castro.

Assista ao vlog no Museu Pedro Ludovico Teixeira aqui:

Gostou deste post? salve ele em seu Pinterest clicando na logo da rede ao passar o mouse em qualquer foto deste post!


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 27/09/2018

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

Este ano comemorei meu aniversário da melhor forma possível: no parque da Universal Studios Hollywood. Assim que comecei a preparar a viagem eu já tinha em mente que queria estar viajando durante meu aniversário, no dia 10 de maio. De inicio pensei em comemorar na Disney, pois seria o único parque que eu iria durante a viagem. Contudo, durante minhas pesquisas descobri que havia uma atração do Harry Potter no Universal (sim, na época da inauguração eu fiquei sabendo, mas depois eu esqueci totalmente) e na hora decidi que comemoraria meu aniversário lá.

Universal Studios Hollywood

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

Localização

O Universal Studios Hollywood está localizado em Universal City (onde fica todos os prédios e estúdios da Universal). O melhor é que ele fica dentro de Los Angeles mesmo e é possível chegar lá de metrô, que foi o que fiz. Peguei o metrô da linha vermelha no sentido North Hollywood Station  na estação Hollywood Highland, em frente meu Hostel. Na próxima estação, a Universal City eu desci. Assim que você sai do metrô você vê uma escada e uma passarela para atravessar a avenida, assim que você atravessa você já está no Universal City e lá na esquina tem os ônibus da Universal que te leva (de graça) até a entrada do parque. É uma subida longa e acho que ninguém sobe a pé.

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

Ingresso

Comprei o ingresso do parque na Virazóm, que é uma empresa brasileira que vende ingressos para parques em Real. No próprio site da Virazóm,você escolhe o dia que irá ao parque, a opção de pagamento (fiz depósito) e depois eles te enviam o voucher para apresentar no parque. Na época que fui, o ingresso para entrar no Universal  estava custando $107 e paguei R$ R$355 pela Virazóm.

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

Alimentação

Não sei se é porque o parque é pequeno, comparado a Disneyland, mas achei as opções de comida bem melhores. Por volta das 11h comi um cachorro quente + salgadinho, o qual paguei $7 no Suds McDuff’s Hot Dogs. E por volta das 14h comi frango empanado, batata frita e refrigerante no Jurassic Café, tudo deu $15,99.

Atrações

Eu amei o Universal Studios, e com certeza é um parque que irei voltar várias vezes na vida, se Deus quiser rsrsr. Contudo, a maioria das atrações são montanhas russas com simulação, o que eu achei ruim, pois sofro de enjoos rs. Então para não passar mal eu ia a uma atração, depois dava um tempo entrando nas lojinhas e passeando, pois não queria perder meu dia. Além disso, por também serem montanhas russas com simulação, não fui na atração do Transformers, nem do The Walking Dead.

Em relação a filas, na Universal tem opção de fila para quem está sozinho, pois a maioria das atrações tem a quantidade especifica de quantas pessoas podem ir por carrinho e eles sempre colocam pessoas que estão sozinhas para completar. Nisso eu sempre passava na frente haha.

As atrações que eu mais gostei foram:

Harry Potter and the Forbidden Journey™

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

É mágico! Você entra em Hogwarts e vai passando pelas salas do colégio, pelo Salão Comunal, e aí começa a viver algumas aventuras com o Harry, Rony e Hermione. Me senti o tempo todo como se eu estivesse em Hogwarts mesmo, vivendo uma aventura atrás da outra.  A atração é uma montanha russa com simulação.

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

 

The World-Famous Studio Tour

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

Incrível, incrível. Dentro de ônibus você vai passando pelas locações dos filmes e programas da Universal. Você pode ver , e sentir toda a adrenalina,passando pelo simulador do King Kong 360 3D, simulador de explosões, tsunamis e outros efeitos especiais.

Revenge of the Mummy℠ – The Ride

Em uma velocidade de até 45 km/h, em trechos de looping, você foge da vingança da Múmia passando por vários desafios.

Despicable Me Minion Mayhem

Quer se transformar em um Minion? a fila é gigante mas a atração é ótima também. Não é montanha-russa, mas é um simulador de realidade virtual aumentada.

Special Effects Show

No show é mostrado como alguns efeitos especiais são feitos, como gravidade zero, cenas de terror, entre outros. Vale muito a pena ver!

Universal’s Animal Actors

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

É o show dos animais atores da Universal.

Assista ao vlog na Universal aqui e aqui.

Confira também o post da Minha Primeira Vez na Disney

Já foi em algum Parque da Universal? Como foi? tem vontade de ir? Comente aqui

Gostou deste post? salve ele em seu Pinterest clicando na logo da rede ao passar o mouse em qualquer foto deste post!


Por Di Lua, sobre Moda/Beleza
Dia 24/09/2018

Na correria do dia a dia, nem sempre temos tanta disposição para montar um look, seja ele de trabalho ou para uma festa. Se a gente coloca uma calça jeans, logo temos que pensar na blusa ou na camisa. Se escolhemos um cropped xis, temos que decidir se usaremos saia longa, mini saia, ou um short, por exemplo. E é nesses momentos de indecisão que eu acabo me socorrendo com peças únicas: macacão e vestido! Não dá trabalho para pensar em como combinar e vão bem no trabalho, no dia a dia ou nas festas de fim de ano.

Para te ajudar a inspirar escolhi cinco modelos de macacões e vestidos longos da loja Fashionmia, loja online que tem peças que estão super em alta. Veja:

fashionmia lary di lua

1 | 2 | 3 | 4 | 5

Macacão (women’s bottoms) – Além de alongar a silhueta, o macacão é uma peça que vai bem no passeio de domingo à uma festa mais importante. Tudo vai depender dos acessórios e sapatos que você utilizar. Com salto, os modelos 01, 02 e 03 ficam mais elegantes e é a aposta certeira para a festa de empresa. Fiquei super apaixonada pelo modelo 05, usaria fácil com um tênis branco baixo  e uma bolsa de palha para passear no domingo ou ir encontrar as amigas.

fashionmia lary di lua1 | 2 | 3 | 4 | 5

Vestidos longos (cheap dresses ): amo essa peça e sempre aposto nela quando preciso ir em um casamento durante o dia ou um almoço de família e aniversários. O vestido longo tem um ar próprio de elegância e é uma peça muito fashion. Como gosto bastante do estilo boho, escolhi esses mais fluídos e estampados.

Gostaram da seleção? na hora de vestir: você tem preguiça de pensar em um look? ou gosta de pensar no que vai usar, como combinar? Me conte aqui nos comentários:

*este é um publipost

Por Di Lua, sobre Dicas de Goiânia
Dia 14/09/2018

Há vários museus em Goiânia, mas a maioria da população sequer conhece. Um deles é o Zoroastro Artiaga, museu que conta a história de Goiás e sua  diversidade cultural através de seu acervo. O Museu, cujo prédio é em Art Deco, está localizado na Praça Doutor Pedro Ludovico Teixeira (Praça Cívica), considerada marco inicial da construção da capital, além de ser a sede do governo e do Centro Administrativo.

Museu Zoroastro Artiaga

O Museu Zoroastro Artiaga foi fundado em 6 de Fevereiro de 1946 e conta com um acervo sobre a história da terra, formação geopolítica de Goiás, fósseis, pré-história, arqueologia e mineração colonial. O nome presta homenagem ao primeiro diretor do museu, o professor Zoroastro Artiaga, que permaneceu na direção até 1957. De 1964 a 1971, Zoroastro foi responsável para caracterização do museu.

As primeiras coleções do Zoroastro Artiaga foram formadas a partir do acervo da Exposição Permanente de Goiás (Escola Técnica de Goiás, 1942, *atual IFG), e outros objetos  que retratavam a cultura e a história do estado, doados por Acari dos Passos de Oliveira, Joaquim Machado Araújo, Orlando Ribeiro e Zoroastro Artiaga. Com o passar dos anos, novas peças foram agregadas às coleções do museu.

Acervos 

O acervo do Zorostaro Artiaga descrevem a história da terra e pré-história (com imagens e fósseis), formação geopolítica de Goiás, coleção de taxidermia, arqueologia,  mineração colonial, transformação do território goiano, navegação do Araguaia, arte sacra, imprensa goiana, cinema e fotografia, mineralogia e artes industriais. O museu também conta com uma ala dedicada à acervos dos povos indígenas que ocupavam o território goiano, além de peças e artigos das principais festas religiosas do estado, como as Congadas de Catalão, As Cavalhadas de Pirenópolis, a Festa do Divino Pai Eterno e a Folia de Reis.

O Museu Zoroastro Artiaga funciona de terça-feira à sexta-feira, das 9:00 às 17 horas. E aos sábados, Domingos e Feriados, das 9:00 às 15:00 horas. A entrada é gratuita

Vocês gostam de visitar museus? já visitou algum aí na sua cidade?

Gostou deste post? salve ele em seu Pinterest clicando na logo da rede ao passar o mouse em qualquer foto deste post!


Páginas«1 ...456789101112... 231»