Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 11/12/2018

*Igreja Santa Rita

No feriado do dia 15 de novembro fui para Uberaba (a 467km de Goiânia), cidade do triângulo mineiro com minha família. No ano passado passamos pela cidade quando íamos para Araxá e acabamos conhecendo o Santuário da Medalha Milagrosa. Minha mãe gostou muito da igreja e quis voltar esse ano, e eu que não recuso uma viagem resolvi ir. Com uma rápida pesquisa pela internet, percebe-se que Uberaba não é uma cidade muito turística, mas que há sim algumas opções legais de passeio, como: conhecer e apreciar as várias igrejas católicas da cidade; ir no Museu do Dinossauro, em Peirópolis (tema do próximo post); conhecer a casa onde viveu Chico Xavier; ir em cachoeiras; e visitar os museus (se eles tiverem abertos rs).

Saímos de Goiânia na quinta-feira, 15, por volta das 08h30 e chegamos em Uberaba umas 15h. No caminho paramos no posto Caipirão, em Goiatuba/GO, para um lanche e almoçamos em Uberlândia, já em minas Gerais. Fizemos o check-in no Hotel Flor de Minas, descemos as malas do carro e fomos nos museus de Arte Decorativa (MADA), Arte Sacra e da Mojiana, mas todos estevam fechados. Como ficamos apenas um dia inteiro na cidade (chegamos na quinta-feira e viemos embora no sábado, 17) não conseguimos voltar nestes museus nos outros dias.

A minha ideia era ir em Peirópolis no dia que chegamos lá, pois o Museu do Dinossauro abre no feriado e a conhecer os outros museus e igrejas na sexta-feira, mas, como chegamos tarde, acabamos invertendo a programação e encontrando quase tudo fechado. Então lá vai minha dica: evite museus e igrejas em cidades que não são tão turísticas nos feriados, a chance deles estarem fechados é enorme. De toda forma, confira abaixo dicas de alguns passeios.

O que fazer em Uberaba?

Conhecer e se encantar com a arquitetura das igrejas católicas
Igreja de Santa Rita: A Igreja de Santa Rita foi construída em 1854, e tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1939. Nela está instalada o Museu de Arte Sacra da cidade, que tem um acervo rico em peças barrocas dos séculos XVIII e XIX. Infelizmente o museu estava fechado no dia da nossa visita. Localização: Praça Manoel Terra – Estados Unidos, Uberaba.

Igreja de São Domingos: Em 1881, os sacerdotes dominicanos realizavam os ofícios religiosos na igreja de Santa Rita, mas com o aumento do número de pessoas na comunidade, iniciou-se em 1889 a construção de uma igreja dedicada a São Domingos. Ela foi inaugurada em 1904, ainda inacabada (sem as torres e abóbadas centrais). A Igreja tem um estilo neogótico e é muito imponente. Localização: Rua Lauro Borges, 272 – Estados Unidos, Uberaba.

 


Igreja da Medalha Milagrosa: Em 1830, No dia 27 de novembro de 1830, Santa Catarina Labouré, da Congregação das Filhas da Caridade, em Paris, teve uma visão de Maria. Na ocasião, Maria mostrou o modelo da medalha que ela desejava fosse cunhada como sinal de grandes graças que ela obteria junto de Jesus. A medalha foi cunhada dois ano depois da visão e várias cópias foram distribuídas iniciando assim uma devoção. Apesar de não ser a padroeira de Uberaba, o Santuário da Medalha Milagrosa foi inaugurado em 26 de novembro de 1961 e atraí muitos devotos. Localização: Rua Medalha Milagrosa, 123 – São Sebastião, Uberaba.

 

Memorial Chico Xavier

Aprender um pouco mais sobre viveu Chico Xavier

Chico Xavier, um dos mais importantes expoentes do Espiritismo, viveu durante muitos anos em Uberaba/MG. Muitos fiéis vão à cidade para conhecer a Casa de Memórias e Lembranças Chico Xavier, casa onde ele viveu até falecer em 2002.  No mesmo bairro se encontra o “Memorial Chico Xavier”, construído em homenagem ao médium, cujo acervo conta com vários jornais, revistas, fotos, livros e manuscritos sobre Chico Xavier. A entrada em ambos locais são gratuitas e vale a pena conhecer mesmo se você não for espírita.

Casa de Memórias e Lembranças Chico Xavier: Rua Dom Pedro I, 165 – Parque das Américas, Uberaba

Memorial Chico Xavier: Avenida João XXIII, 2011 – Parque das Américas, Uberaba

Sei que este post ficou bem “religioso”, mas no próximo falarei sobre as Cachoeiras próximas à Uberaba e a visita ao Museu do Dinossauro.

 


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 29/11/2018

No dia 13 de outubro, nos programamos para chegar no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros às 8h, contudo nos enrolamos. Às 8h30 a caminho do parque, algumas pessoas nos informaram que ele já estava lotado, em razão do feriado, e por isso não receberia mais ninguém. Voltamos até São Jorge e conseguimos transporte com o Uandersom ((62) 99997-1148) até a Cachoeira Raizama, que fica a 3km dali.Como fomos em um grupo com cerca de 18 pessoas, ele cobrou R$20 ida e volta.

Na entrada da fazenda Raizama, que por si só já é cheia de energia, há um palco para shows com fotos de lendas do rock e instrumentos livres para quem quiser tocar. Além disso, o local dispõe de banheiros e de um pequeno bar que sempre tem água para vender e na hora do almoço alguns quitutes, como torta de frango. No dia 13 de outubro, a entrada estava custando R$20, mas como estávamos em um grupo grande, o proprietário cobrou R$15 de nós.

A Cachoeira é formada pelo encontro das águas do rio Raizama e do Rio São Miguel. Durante a trilha circular, o visitante pode se banhar em piscinas formadas nos trechos desses rios e admirar os cânions formados ao longo do rio São Miguel. A Trilha, que é mais curta e tranquila, tem apenas um trecho complicado, que é nas descidas em escadarias para os pontos para banho. O percurso total na trilha é de 2,6km, e por isso é a melhor pedida para quem vai com crianças ou pessoas mais velhas.

Contudo, durante o percurso da trilha, o meu grupo acabou “passando reto” pelas piscinas naturais formadas entre os cânions (por falta de sinalização), seguindo direto para a cachoeira da Raizama e voltando para a portaria. O guia então propôs voltar conosco e mostrar o caminho certo. Dica: preste bastante atenção na explicação da entrada e na hora que chegar no primeiro mirante dos cânions, siga pela esquerda.

Por ser de fácil acesso e ter uma trilha mais curta, a Raizama é uma ótima opção para quem está com crianças ou não tem tanto preparo físico para encarar o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

Assista ao vlog do meu dia na Raizama aqui

E você? Gosta de viagens assim? já ouviu falar da Chapada dos Veadeiros? Comente aqui:


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 16/10/2018

Afim de ajudar pessoas que estão querendo fazer a mesma viagem e querem ter noção de custos e como se preparar para uma viagem para a Califórnia (ou viagens semelhantes), neste post fiz uma relação de todos os custos fixos que tive na minha viagem de 30 dias pela América do Norte.

Califórnia

  • San Francisco 5 dias
  • Dinuba 18 dias
  • Los Angeles 6 dias

Nevada

Las Vegas 3 dias

Arizona

Grand Canyon 1 dia

Passagens aéreas

De inicio pensei em comprar as passagens de ida e volta em cidades diferentes. Contudo, por conta do alto valor das passagens, acabei comprando a passagem de Goiânia a Los Angeles e Los Angeles a Goiânia. Comprei as minhas passagens pela Decolar, empresa aérea Delta, e custou R$2109 já com as taxas. Na ida o meu voo foi: Goiânia – São Paulo – Detroit – Los Angeles; e na volta foi: Los Angeles – Nova York – São Paulo – Goiânia. Como eu comecei minha viagem de San Francisco, comprei uma passagem, pela Delta, de Los Angeles a San Francisco por $45. E na hora do embarque paguei mais $25 para despachar minha bagagem. Nesses voos low cost é incluso apenas a bagagem de mão (10kg).

Hospedagens

Pesquisei muito e cheguei à conclusão que, não adianta, a melhor opção de hospedagem para quem viaja sozinha é ficar em Hostel (albergues). Diante disso, dei preferência para Albergues em regiões centrais ou perto da quantidade maior de atrações que eu iria, e que serviam café da manhã, para eu diminuir este custo.

Imagem Reprodução: Página Hi San Francisco Downtown

Em San Francisco: me hospedei no Hi San Francisco Downtown. Cinco diárias com café da manhã custou $239,46(paguei esse valor quando cheguei lá). O Hostel está localizado em 312 Mason St,  perto da Union Square, do Civic Center, do ponto inicial do bondinho, da estação Powell do Metrô e da ChinaTown. No café da manhã havia frutas (maçã e banana), pães, bagel, pasta de amendoim, geleia, leite, café e suco.

 

Imagem Reprodução: Página Walk of Fame Hostel

Los Angeles: me hospedei no Walk of Fame Hostel, localizado na Calçada da Fama, em frente à estação do metrô Hollywood/Higland, do Teatro Douby, do lado do El Captain, do lado de várias lojinhas. Escolhi ele por estar na Calçada da Fama e ter várias coisas para conhecer ali perto e por ser um ponto mais central. Seis diárias com café da manhã custou R$653,64 (pois paguei pelo cartão de crédito anteriormente). Café da manhã com banana, mexerica, pães, bagel, munfins (ameiii), geleias e cremes, café, leite e suco.

Dinuba: Fiquei no Gleanings for the Hungry, onde fui voluntária (saiba mais aqui). Fiz pelo Worldpackers e paguei $45 (R$180 ) de taxa anual para usar o site.

Las Vegas: me hospedei no Sin City Hostel, localizado na 1208 Las Vegas Boulevard South. Um pouco longe da Strip e impossível de ir para lá a pé, devido a distância e o calor. Não encontrei nenhum hostel na Strip que compensasse e como estive em Las Vegas durante o final de semana (quando as hospedagens ficam mais caras) ficava caríssimo ficar em Hotel. E o Sin City era o único hostel com café da manhã. Contudo, não compensou muito, pois perdi dois dias de café da manhã, o dia que fui para o Grand Canyon e o dia que fui para Los Angeles, pois ele só começava a ser servido às 8h (muito tarde para quem tem muita coisa para fazer como eu rs). Ahh, paguei R$368,92 (paguei pelo cartão de crédito antes de ir).

Deslocamentos

Mesmo perdendo três dias (no período da viagem) com deslocamento de uma cidade a outra, preferi isso a viajar a noite, por questão de segurança, medo hahaha, e porque assim eu conseguiria admirar a paisagem. De San Francisco/CA para Fresno/CA, de Fresno/CA para Las Vegas/NV, e de Las Vegas/NV para Los Angeles/CA viajei pela mesma empresa, a Greyhound, que tem linhas em quase todos os Estados Unidos e Canadá. Como comprei as passagens com antecedência, exceto a de Los Angeles, paguei relativamente barato, entretanto, como comprei pela internet, usei cartão de crédito e tive que pagar IOF.

Ponto negativo é que os ônibus atrasaram muito, fazendo com que eu perdesse ainda mais tempo da minha viagem.  No primeiro e segundo trecho, os ônibus foram vazios e fui em uma poltrona e minha mochila em outra rs.

Em breve a parte II deste post, com alimentação, seguro viagem e chip de internet

Leia todos os posts sobre minha viagem para a Califórnia e para Las Vegas/NV aqui

Gostou deste post? salve ele em seu Pinterest clicando na logo da rede ao passar o mouse em qualquer foto deste post!


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 27/09/2018

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

Este ano comemorei meu aniversário da melhor forma possível: no parque da Universal Studios Hollywood. Assim que comecei a preparar a viagem eu já tinha em mente que queria estar viajando durante meu aniversário, no dia 10 de maio. De inicio pensei em comemorar na Disney, pois seria o único parque que eu iria durante a viagem. Contudo, durante minhas pesquisas descobri que havia uma atração do Harry Potter no Universal (sim, na época da inauguração eu fiquei sabendo, mas depois eu esqueci totalmente) e na hora decidi que comemoraria meu aniversário lá.

Universal Studios Hollywood

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

Localização

O Universal Studios Hollywood está localizado em Universal City (onde fica todos os prédios e estúdios da Universal). O melhor é que ele fica dentro de Los Angeles mesmo e é possível chegar lá de metrô, que foi o que fiz. Peguei o metrô da linha vermelha no sentido North Hollywood Station  na estação Hollywood Highland, em frente meu Hostel. Na próxima estação, a Universal City eu desci. Assim que você sai do metrô você vê uma escada e uma passarela para atravessar a avenida, assim que você atravessa você já está no Universal City e lá na esquina tem os ônibus da Universal que te leva (de graça) até a entrada do parque. É uma subida longa e acho que ninguém sobe a pé.

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

Ingresso

Comprei o ingresso do parque na Virazóm, que é uma empresa brasileira que vende ingressos para parques em Real. No próprio site da Virazóm,você escolhe o dia que irá ao parque, a opção de pagamento (fiz depósito) e depois eles te enviam o voucher para apresentar no parque. Na época que fui, o ingresso para entrar no Universal  estava custando $107 e paguei R$ R$355 pela Virazóm.

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

Alimentação

Não sei se é porque o parque é pequeno, comparado a Disneyland, mas achei as opções de comida bem melhores. Por volta das 11h comi um cachorro quente + salgadinho, o qual paguei $7 no Suds McDuff’s Hot Dogs. E por volta das 14h comi frango empanado, batata frita e refrigerante no Jurassic Café, tudo deu $15,99.

Atrações

Eu amei o Universal Studios, e com certeza é um parque que irei voltar várias vezes na vida, se Deus quiser rsrsr. Contudo, a maioria das atrações são montanhas russas com simulação, o que eu achei ruim, pois sofro de enjoos rs. Então para não passar mal eu ia a uma atração, depois dava um tempo entrando nas lojinhas e passeando, pois não queria perder meu dia. Além disso, por também serem montanhas russas com simulação, não fui na atração do Transformers, nem do The Walking Dead.

Em relação a filas, na Universal tem opção de fila para quem está sozinho, pois a maioria das atrações tem a quantidade especifica de quantas pessoas podem ir por carrinho e eles sempre colocam pessoas que estão sozinhas para completar. Nisso eu sempre passava na frente haha.

As atrações que eu mais gostei foram:

Harry Potter and the Forbidden Journey™

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

É mágico! Você entra em Hogwarts e vai passando pelas salas do colégio, pelo Salão Comunal, e aí começa a viver algumas aventuras com o Harry, Rony e Hermione. Me senti o tempo todo como se eu estivesse em Hogwarts mesmo, vivendo uma aventura atrás da outra.  A atração é uma montanha russa com simulação.

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

 

The World-Famous Studio Tour

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

Incrível, incrível. Dentro de ônibus você vai passando pelas locações dos filmes e programas da Universal. Você pode ver , e sentir toda a adrenalina,passando pelo simulador do King Kong 360 3D, simulador de explosões, tsunamis e outros efeitos especiais.

Revenge of the Mummy℠ – The Ride

Em uma velocidade de até 45 km/h, em trechos de looping, você foge da vingança da Múmia passando por vários desafios.

Despicable Me Minion Mayhem

Quer se transformar em um Minion? a fila é gigante mas a atração é ótima também. Não é montanha-russa, mas é um simulador de realidade virtual aumentada.

Special Effects Show

No show é mostrado como alguns efeitos especiais são feitos, como gravidade zero, cenas de terror, entre outros. Vale muito a pena ver!

Universal’s Animal Actors

comemorei meu aniversário na Universal Studios Hollywood lary di lua

É o show dos animais atores da Universal.

Assista ao vlog na Universal aqui e aqui.

Confira também o post da Minha Primeira Vez na Disney

Já foi em algum Parque da Universal? Como foi? tem vontade de ir? Comente aqui

Gostou deste post? salve ele em seu Pinterest clicando na logo da rede ao passar o mouse em qualquer foto deste post!


Páginas12345... 17»