Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 29/10/2015

O castelo do segundo post especial de Diário de Viagens é o Castelo Windsor, onde a família real passa o verão. Localizado em Windsor, condado de Berkshire, o Castelo de Windsor é o maior castelo habitado do mundo, e uma das principais residências oficias da monarquia inglesa.

A estrutura original foi construída no século XI, após Guilherme I conquistar a normanda da Inglaterra, e é utilizado pelos monarcas desde o reinado de Henrique I. Além dos luxuosos apartamentos, o castelo ainda conta com a Capela de São Jorge, construída no século XV.

castelo windsor lary di lua (6)

Inicialmente, o Castelo de Windsor foi construído para proteger a dominação normanda nos arredores de Londres, como também vigiar uma parte do rio Tâmisa. Ele foi projetado como um castelo de mota (tipo de fortificação medieval onde os castelos eram compostos por duas partes, a mota e o recinto fortificado), com três alas cercando a colina central.

castelo windsor lary di lua (5)

No início do século XIII, o castelo foi substituído por fortificações de pedra durante a Primeira Guerra dos Barões. Na metade do século, Henrique III construiu um palácio luxuoso dentro do castelo. Eduardo III foi além e reconstruiu a fortificação produzindo um conjunto de edifícios que se tornaram o projeto de construção civil mais caro da Idade Média na Inglaterra. Na Dinastia Tudor (Dinastia que durou 118 anos, após os Tudor assumirem a coroa inglesa em 1485. Henrique VII deu início à linhagem que teve como sucessores Henrique VIII, Eduardo VI, Mary I e Elizabeth I ), Henrique VIII e Isabel I passaram a utilizar o castelo cada vez mais como uma corte real.

castelo windsor lary di lua (1)Câmara Waterloo

No século XVIII o Castelo passou por reconstruções, e ganhou móveis nos estilos rococó, gótico e barroco. Durante a Segunda Guerra Mundial o Castelo de Windsor foi utilizado como refúgio da família real. Atualmente o Castelo funciona como casa de verão da Rainha Isabel II e ponto turístico durante alguns meses do ano.

Créditos: The Royal Collection © 2002, Her Majesty Queen Elizabeth II | Photographer: Mark Fiennes

Entre outubro e março, os turistas podem visitar os quartos de George IV, os mais ricos em detalhes no palácio. O East Terrace, parte mais exclusiva do castelo e que dá acesso ao Jardim de Rosas particular de George IV, é aberto de agosto a setembro. Além disso, dependendo da época do ano, os turistas podem assistir a cerimônia de Troca da Guarda, que é a substituição dos guardas que protegem o palácio.

castelo windsor lary di lua (4)

Vocês conhecem o Castelo Windsor? Tem vontade de conhecer ? Me conte aqui:

 


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 10/03/2015
No dia em que fui ao Outlet Premium Brasília, paramos para lanchar na Route 60, que é um espaço com lanchonete, restaurante e loja. Localizada na GO 060, em Abadiânia/GO, o local é ponto de encontro de motoqueiros que partem em busca de aventura.
O Route 60 foi totalmente inspirado na famosa estrada do sonho americano, a Route 66. Bom atendimento, lanches deliciosos e um ambiente muito bem decorado. Senti como se estive em algum restaurante da Route 66, lá pelas bandas do Arizona (rsrs).
Salgado com recheio de carne de sol / Foto tirada por Fernando Monteiro
Mural com adesivos dos motoclubes que já passaram por lá
Entrei em contato com a Route 60 para saber mais sobre o local, mas eles não me responderam L.

 


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 25/02/2015
Jardim na entrada da cidade
No último final de semana fui para Caldas Novas/GO (conheça mais sobre a cidade neste post aqui) com o namorado. Passamos mais tempo no hotel em que ficamos hospedados, o Golden Dolphin Express, mas demos uma volta pelo centro da cidade no sábado a noite, e no domingo fomos até o Lago Corumbá.
Foto Reprodução do blog Cia dos Boteco, pois a pessoa aqui não tirou nenhuma fotinha 🙁
Chegamos na tarde de sexta em Caldas, e aproveitamos para saborear um Empadão Goiano da Tânia, indicado pelo Guia Quatro Rodas por dez anos consecutivos. Como não como pequi (nem todo goiano gosta desta iguaria rsrs), um dos ingredientes principais do empadão goiano, e o empadão paulista (que leva frango, palmito e mussarela) estava em falta, pedimos um empadão carioca (camarão e requeijão), que estava uma delicia. O Empadão é assado na tigela de barro e serve duas pessoas. O Empadão Goiano da Tânia está localizado na Rua Antônio Coelho de Godoy, 58 – Centro de Caldas Novas.

 

Parte do parque aquático do Golden Dolphin Express
Foi a primeira vez que fiquei no Golden Dolphin Express e gostei bastante da estrutura do hotel. Compramos um pacote com duas diárias, café da manhã e meia-pensão pelo Hotel Urbano. O Hotel é o segundo empreendimento da empresa na cidade e fica ao lado do Golden Dolphin Grande Hotel, ambos tem um ótimo parque aquático, com diversão para toda a família.
O centro da cidade é bem badalado, na praça central tem um parque de diversão que vive cheio de gente, uma feirinha de artesanatos e de culinária. Indicaram-nos um famoso restaurante da cidade, mas que já tinha encerrado o expediente quando o encontramos. Decidimos então saborear um crepe recheado (gigante e delicioso) na feira.
No domingo curtimos piscina com água quente até as 10:30h e depois fomos conhecer o Lago Corumbá II, formado pelo represamento do Rio Corumbá para a geração de energia elétrica. Mas para a nossa surpresa, o lago,que é conhecido por sua beleza e ponto de encontro dos praticantes de esportes náuticos, estava bem diferente do que costumávamos ver pela televisão e internet, resultado da crise d’água que o mundo todo já está vivenciando.

 E vocês, já conhecem Caldas Novas ? ficaram com vontade de conhecer ? Comente aqui.


Páginas123456789... 17»