Por Di Lua, sobre saúde e beleza
Dia 01/02/2017

dicas de beleza lary di lua (3)

Eu nunca fui muito preocupada com beleza, passava protetor solar só na praia ou no clube, lavava os cabelos só com shampoo e condicionador, hidratante só quando lembrava, enfim … Contudo, depois dos 20 ( e agora com 25 quase 26) eu comecei a me preocupar mais, passei a usar loção adstringente no rosto, hidratante todos os dias, creme com colágeno, protetor solar. E claro que eu adoraria ficar com esse rostinho para sempre, mas sei que não vai ser assim, por isso hoje em dia eu ligo bem mais para a beleza ( de modo geral), não o essencial, mas já é um começo. Por isso, no post de hoje vou compartilhar com vocês minhas dicas de beleza:

dicas de beleza lary di lua (4)

  • Nunca durmo de maquiagem – Essa é antiga e eu faço desde sempre, posso estar morrendo de preguiça e com muito sono, mas eu sempre tiro a maquiagem. Se eu não fizer isso é espinha na certa. Por isso sempre tenho um demaquilante bifásico ou lenços específicos para tirar maquiagem.
  • Lavar o rosto com sabonete específico –  Todas as noites (quando a preguiça deixa rsrs) antes de dormir eu lavo o rosto com um sabonete específico para o meu tipo de rosto, pois só assim consigo tirar toda a sujeira, remove o excesso de oleosidade e desobstrui os poros.

dicas de beleza lary di lua (1)

  • Hidratante labial sempre –  Meus lábios são muito ressecados  e por isso sempre tive uma manteiga de cacau do lado, mas nem sempre isso resolvia. Meus lábios ultra-ressecados ou não eu sempre passo um hidratante ou lip balm, virou hábito já. Tem coisa mais feia que boca vermelha soltando pelinha? eu sei o que é isso rsrs. Hoje em dia eu uso o lip balm da Giovanna Baby e o hidratante labial da Impala.
  • Esfoliação nos pés – Se eu sou goiana do pé rachado? eu tento não ser rsrs, mas o clima de Goiás acaba fazendo juz a essa expressão, e para que os meus pés não virem uma lixa, eu sempre faço esfoliação ( no banho ou na hora de fazer as unhas) e depois passo hidratante.

dicas de beleza lary di lua (2)
Qual sua dica de beleza? Comente aqui:


Por Di Lua, sobre Uncategorized
Dia 27/06/2016

Imagens feitas à noite podem passar por alterações depois do clique

Tirar fotos com o celular, com qualidade profissional pode ser uma tarefa complicada, principalmente durante a noite. Até os fotógrafos mais experientes têm grandes dificuldades neste momento, tudo por causa da baixa luminosidade. Se você já tentou, por diversas vezes e não conseguiu um bom resultado, não fique decepcionado. Já podemos contar com soluções para edição e retoques para qualquer tipo de imagem obtida por smartphones.

tirar fotos noturnas com o smartphone lary di lua (1)

Foto noturna tirada com um Galaxy S5, sem flash.

 Não use flash
Apesar de já terem se aprimorado, os smartphones ainda possuem um flash de baixa qualidade em relação às câmeras profissionais e ainda por cima só funcionam a curta distância.
As imagens geralmente ficam esbranquiçadas e parecerão chapadas nos locais onde o flash foi capaz de alcançar, além de criar uma sombra escura ao redor da imagem, o que pode estragar sua foto. Para esse tipo de circunstâncias, podemos usar o flash de outro celular para iluminar a cena de forma indireta.

tirar fotos noturnas com o smartphone lary di lua (2)Seleção do ISO na configuração da câmera no celular

Ajuste o ISO da câmera 
Aumente ou ISO da câmera do seu celular (se esta opção estiver disponível).

O ISO, é um dos maiores aliados e, ao mesmo tempo, inimigo das fotos noturnas. Isso ocorre, porque quanto mais alto o ISO, mais granulada a foto tende a ficar. Em contrapartida, é ele quem regula a sensibilidade da câmera, o que ajuda a deixar a cena mais clara na tela do smartphone, apesar da perda de qualidade.

Desligue o modo HDR
Outro fator que colabora para mais nitidez nas fotos noturnas é desligar o modo HDR.
Esse recurso é ótimo para fotografar durante o dia, pois aumenta a sensibilidade da câmera e diminui a velocidade, gerando balanços de cores mais elevados. À noite, as imagens podem acabar borradas se este recurso estiver ativado. Entretanto, é claro que alguns efeitos produzidos com o HDR ativado podem ser muito bons, mas, se quiser resultados 100% garantidos, desligue-o por algum tempo.

A estabilidade é mais um problema durante a noite. Por conta da sensibilidade da câmera, mesmo quando o HDR não está ativo, as fotos noturnas tendem a sair tremidas. A baixa luminosidade dificulta o clique nítido e objetivo, o que pode afetar a foto se a pessoa tremer. Utilize um apoio para o smartphone ou até mesmo num tripé, pois já existem muitos modelos disponíveis para celulares.

Use aplicativos para editar fotos 

O momento passou, mas a foto ficou, e, ainda por cima, saiu ruim?! Não se preocupe. Centenas de apps para editar fotos já estão disponíveis no mercado.

tirar fotos noturnas com o smartphone lary di lua (3)

Usando o filtro HB1 do VSCOCam, que eu sempre uso nas minhas fotos do Instagram (@larydilua)

Abuse dos recursos

Efeitos 

O jeito mais fácil de dar cara nova a uma foto que não saiu tão boa é colocar um efeito, que, nada mais é do que um filtro aplicado na imagem.
Alguns efeitos desfocam só as laterais das imagens, o que pode ajudar a esconder as sombras das fotos com flash. Outros, ainda, iluminam apenas determinadas partes da foto, e você pode usar esse artifício para destacar o que você achou mais bonito ou a pessoa ou objeto que você queria retratar.

Recortar 

Em situações do cotidiano, cada foto é tirada num momento único em relação à luz e distância. Como o zoom também pode causar um efeito granulado na imagem, é bom evitá-lo.
Entretanto, o problema acaba sendo como tornar mais próximo uma cena que está tão distante, e, ainda, com pouca luz? Se você usar sempre a resolução máxima de sua câmera, você não terá problemas de baixa qualidade na hora de recortar as imagens.

O recorte serve também para remover algumas imperfeições que tenham ficado nos cantinhos das fotos, mas cuidado para não exagerar e remover também uma parte essencial da imagem. Você também pode acrescentar bordas e moldurar para não deixar nenhum sinal de que a imagem foi cortada.

Não tenha medo de cortar suas fotos. Isto é, se você tiver deixado uma cópia da original salva no smartphone!

Melhorando os ruídos

Se você tentou usar as dicas de mestre e até aumentou o ISO, mas, mesmo assim, a imagem saiu cheia de pixels, não se preocupe, pois também tem cura para esse problema. Na hora de editar, você pode utilizar um redutor de ruídos, que vai diminuir a quantidade de pixels da imagem, e vai deixar a seu clique com qualidade melhor.

tirar fotos noturnas com o smartphone lary di lua (1)

Preto e branco 

Se nenhuma dessas edições forem capazes de transformar suas fotos e deixá-las do jeito que você esperava, aplicar um efeito que deixe a foto preta e branca pode ser uma solução inteligente para disfarçar todo tipo de problema. As fotos P&B são muito elegantes e sofisticadas. A imagem pode ficar num tom mais acinzentado ou então bem contrastante, o que dá uma cara bem atual. Lembre-se que o efeito não será único para todas as fotos e você deve controlar a intensidade de cada imagem.

Uma foto noturna nunca será igual a uma foto tirada à luz solar. Então nem tente fazer isso! Aceite que a imagem que você tem na tela foi tirada em condições diferentes, e o que resta é melhorá-la ao máximo. A dica é deixar os tons escuros ainda mais escuros e os claros ainda mais claros. Você pode fazer isso com uma simples regulagem de luminosidade, contraste e saturação dentro do aplicativo de edição.

Já conheciam essas dicas? gostaram? qual aplicativo de foto que você usa mais no seu smartphone ?

*Guest post: SEO Marketing


Por Di Lua, sobre Uncategorized
Dia 02/03/2016

cartão-de-credito-lary-di-lua (1)

Eu não tenho cartão de crédito e impressiono a todos quando digo isso. E não é por falta de oferta por parte das operadoras, que me ligam insistentemente oferecendo cartão. Mas enquanto eu puder adiar, adiarei.

Sempre observo amigos, e até em casa mesmo, as pessoas comentando que a fatura do cartão veio altíssima. As pessoas esquecem que quando se faz uma compra no cartão de crédito você apenas adia aquela dívida, e que uma hora terá que pagá-la. Além disso, quem não tem sua vida financeira sob controle sofre quando várias parcelas se encontram justamente naquele mês em que não sobra dinheiro para nada.  Ter cartão de crédito exige controle, e se você não tem, ficará endividado bem antes dos 30 anos.

cartão-de-credito-lary-di-lua (3)

Aprendi a comprar as coisas sempre à vista, e a ideia de parcelar uma dívida em partes me dá dor de cabeça. Além disso, quase sempre há um desconto garantido para o pagamento a vista. É claro que tem coisas que você terá que parcelar (a não ser que você tenha muito dinheiro), como carro, casa, e outros objetos de valores altos. E é claro que eu já tive que usar o cartão de crédito da minha mãe, pois tem sites que ainda insistem em só aceitar pagamento via cartão de crédito, mas evito o máximo e sempre escolho parcelar a conta em apenas 1x.

Não ter cartão de crédito é uma escolha que me ajuda sobretudo a economizar dinheiro, pois sempre penso bem antes de comprar coisas supérfluas e se vale a pena usar o dinheiro da minha poupança.

cartão-de-credito-lary-di-lua (2)

Dicas para não se endividar com cartão de crédito:

Sempre pague o valor total da fatura;

Faça uma lista dos seus gastos durante o mês, e anote todos os pagamentos e gastos durante o mês, inclusive as contas feitas no cartão;

Não tenha um limite de crédito acima da metade de sua renda mensal;

Participe dos programas de recompensa do cartão, muitas operadoras oferecem pontos que podem ser trocados por produtos, descontos e até passagens áereas;

A coisa ficou feia e não sobrou dinheiro para pagar a fatura? Ligue na operadora do cartão e renegocie a dívida.

E vocês, como lidam com o cartão de crédito?


Páginas12345