Por Di Lua, sobre DIY
Dia 28/08/2018
Depois de ver a bolsa de palha em vários looks de it’s girls através do Instagram, passei a procurar incansavelmente pela bolsa. Encontrei alguns modelos no AliExpress, mas o valor do frete e a demora para chegar me desanimaram. Achei que encontraria alguma bolsa na Califórnia, mas nada. Encontrei várias no Mercado Livre, mas o frete dava mais de R$80. Pensei em modos para fazer uma, mas não conseguia pensar em alguma solução.
Até que na semana passada eu fui no Mercado Municipal de Goiânia ( o da Rua 3) comprar um fumo para o meu pai e acabei passando em frente à uma loja de artigos em palha, entre eles cestas, vasilhas e jogo americano (ou seria um descanso para colocar panela quente? rsrs). Quando vi a peça tive o estalo na hora: é deles que irei fazer minha bolsa. Comprei o par  e 1M de fio de palha (palha trançada, vendida por metro).
Materiais para fazer a bolsa:

2 jogo americano de palha redondo ou descanso de panela em palha (comprei os meus no mercado municipal de Goiânia);
zíper;
tesoura;
linha e agulha
máquina de costura;
0,5M de tecido (usei sarja);
60cm de fio de palha para a alça;
cola quente.

Assista o passo a passo da confecção da bolsa aqui:

 


Por Di Lua, sobre Moda/Beleza, Uncategorized
Dia 17/08/2018

Com a popularização do Instagram, e consequentemente a postagem de looks do dia na rede, fizeram com que posts de look em blogs diminuíssem bastante. Na correria do dia a dia é bem mais fácil compartilhar o look apenas no instagram, ao invés de  produzir um conteúdo mais profundo sobre o ato de se vestir. Eu mesma, que amo posts desse tipo, diminui a quantidade deles aqui no blog pela falta de tempo. Mas sinto tanta falta, principalmente porque era o tipo de post que eu mais amava ler e me inspirar, lembro de seguir garotas extremamente estilosas, que hoje em dia nem blog tem mais. Por isso, pretendo voltar aos poucos a falar mais sobre isso aqui no blog e inspirar vocês a se vestirem sem se importar com a opinião dos outros, assim como eu fui e sou inspirada constantemente.

Amo tanto esse look, que usaria ele várias e várias vezes, se esse vestido não fosse tão curto rsrs. Eu comprei esse vestido há anos no AliExpress, porém, como quase todas as roupas do site, ele é muito curto. Na época, cheguei a pensar em vendê-lo e pedir um tamanho maior, mas acabei desistindo. Uso ele sempre com um vestidinho tubinho branco por baixo e as vezes com um short jeans, para não correr o risco de aparecer nada que não deve. Como ele tem uma pegada boho, com modelagem bem ampla e flores bordadas, gosto de usá-lo com bota ou gladiadora. Neste dia aí apostei no chapéu Floppy marsala, da De Flor em Flor, e nessa bota preta com fivelas da Vizzano, que eu amo.

Ahh, criei uma pasta dos meus looks no Pinterest, e o mais legal é que eles são tagueados. Assim, se você gostou muito de um look meu, pode ver de onde é a peça ou uma sugestão bem parecida. Legal né? A pasta dos meus looks é essa aqui.

Gostaram deste look? vocês preferem posts de looks em blogs ou no instagram?

 


Por Di Lua, sobre Moda/Beleza, Uncategorized
Dia 17/07/2018

Meu estilo mudou muito do começo do blog até os dias atuais, e ainda bem! Não que eu me vestisse mal, contudo eu era bem mais básica, tinha medo de expor meus gostos e de usar coisas diferentes por medo do que os outros iriam pensar. Não me julgo, infelizmente crescemos acreditando que devemos importar com que o outro pensa, e na moda isso parece que é bem mais forte e, muitas vezes, para a gente ser aceita em algum grupo ou área precisamos vestir igual todo mundo ou de acordo com as regras de etiqueta para cada lugar. Isso é válido em algumas situações e entendo perfeitamente que não pega bem de jeito nenhum ir de cropped para o escritório, principalmente se você é uma secretária executiva ou uma advogada, certo? Contudo, por conta dessas regras, a gente vai deixando de lado muita coisa que gostaríamos de usar no dia a dia ou nos momentos de diversão e acabamos nos vestindo igual a todo mundo. Eu era assim e acredito que muitas mulheres também são :(.

Escrever em um blog e acompanhar tantos outros de moda e ler sempre sobre este assunto me fez ter um estilo próprio e usar coisas que antes nem entrava no meu guarda-roupa. E por várias vezes transmiti esse desejo aqui no Di Lua, de querer ter um estilo único, de incorporar peças mais boho ao meu estilo no dia a dia, não ter medo de ousar, entre outros. Ainda não consegui completamente, mas estou quase lá. As vezes para ir trabalhar eu acabo optando por aquela dupla básica: camiseta e calça jeans, mas sempre tento usar acessórios que revelem para qual lado meu estilo pende. E confesso que amo ouvir alguém falar que viu uma peça cheia de franjas ou um kimono bordado em algum lugar e achou a minha cara, sinal de que estou no caminho certo, e o melhor: não ligo para o que os outros vão pensar do meu look, principalmente se são pessoas que não ligam nem um pouquinho para moda. As vezes a gente liga tanto para julgamentos públicos que esquecemos um fator muito importante: aquela pessoa entende muito sobre este assunto para julgar você? Então não devemos ligar nem um pouco rs.

Junto com a Tatielly, do Cerejas em Neve, minha amiga, sócia e ouvinte/construtora dessas reflexões fashion

Look da Lary: Rensga!

Deixando as reflexões de lado, vamos ao que interessa: este look lindo da loja Rensga, uma marca autoral de Goiânia que tem as peças mais lindas e que tem muito a ver com meu estilo: cores fortes, estampas florais e peças com modelagem ampla, como esta saia envelope que fica linda no corpo. Para completar o look, escolhi essa bolsa de abacaxi da De Flor em Flor, outra marca goiana que vocês precisam conhecer para já.

Cropped branco: Loja Rensga

Saia envelope: Loja Rensga

Bolsa Abacaxi: De Flor em Flor Store

Sandália Camurça: Cravo e Canela


Dia 06/02/2018

 

No finalzinho de dezembro fui fotografada pela Fran Lemes, uma fotografa maravilhosa que conheci ao fazer o curso Efeito Orna, mas por conta da correria acabei não postando as fotos aqui. Saímos com os planos de fotografar em uma cafeteria e nas ruas de Goiânia, contudo, a cafeteria cobrava um valor x e começou a chover assim que saímos de lá. No caminho tentando pensar em algum lugar em que não ficaríamos encharcadas, acabamos passando em frente a Floricultura Flamboyant. Liguei lá no mesmo momento, e a dona aceitou que fizéssemos as fotos lá, e o resultado ficou incrível. Vejam:

 

 

Levei três looks para fotografar, e um deles foi este das fotos: um vestido boho que comprei na 44 (polo atacadista de roupas daqui de Goiânia), gladiadora longa e esse chapéu marrom que amo. O look deu muito certo com o lugar, a leveza do vestido e o chapéu deram um tom campestre , que combinou muito com a floricultura. Por isso o resultado ficou ainda mais apaixonante.

 

 

Algumas das fotos desse dia eu postei no dia do aniversário do blog, aqui.

A Fran Lemes está com a agenda aberta para ensaios em Goiânia e você pode conferir o trabalho dela aqui.

A Floricultura Flamboyant  está localizada na Avenida 136, 584 – St. Marista, em Goiânia, e abre de segunda a sexta, das 8h às 18, e aos sábados, das 8h às 14h.

Gostaram dessas fotos? comente aqui:


Páginas12345... 45»