Por Di Lua, sobre Dicas de Goiânia
Dia 14/12/2017

Goiânia até pode ser conhecida como a capital do sertanejo, mas aqui tem lugar para quem gosta de rock sim! Mas nem sempre estes lugares estão na mídia ou na boca do povo, e por isso hoje vou indicar bares que gosto de ir para encontrar os amigos e petiscar ao som do bom e velho rock and roll.

Bares para ouvir Rock em Goiânia

Matuto Bar

O Matuto é aquele bar pequeno para o Happy Hour com os amigos, tomar um drink com o crush, experimentar cervejas especiais, experimentar petiscos diferentes, tudo isso ao som de ACDC, Beatles, Roling Stones,  xx. Eu frequento o Matuto há um bom tempo, pois uma amigava morava na mesma rua em que ele está localizado. Dicas de petisco? Experimente iscas de frango ao molho pesto e as tiras de bancon ao limão, são divinos.

 

O Matuto Bar está localizado na Rua 242, Nº190, no Setor Leste Universitário, Goiânia – GO. De segunda à quinta, o Matuto funciona das 18h até às 23h30. Já sexta e sábado, o bar funciona até às 01h.

 

Belga Pub

Conheci o Belga Pub há alguns dias, pois a mesma amiga que morava perto do Matuto, a Ana Flávia, agora mora perto do Belga hahaha. Nos encontramos lá para colocar a conversa em dia e  a Ana tomar o seu chopp. Para acompanhar pedimos batata frita e anéis de cebola e amamos.  O que mais me chamou a atenção é a decoração do local, garrafas de cervejas, quadros de bandas,  e tampas de toneis de chopp decoram as paredes. Terça, quinta e aos sábados tem shows ao vivo no pub.

 

O Belga está localizado na Av. T9, Nº 3975 – Jardim Planalto, e funciona de terça (18h – 01h30) à domingo (16h – 23h30).

 

Woodstock Rock Bar

Imagem reprodução: Facebook Woodstock

Conheci o Woodstock com o crush no inicio do mês, apesar de sempre ouvir falar, eu nunca tinha tido a oportunidade de ir lá. Com o nome inspirado no famoso festival de rock, o Woodstock  toca rock, jazz e blues, e é aquele lugar para encontrar os amigos depois de um dia puxado de trabalho, ou simplesmente para ir beber sozinho no balcão. No dia que fui lá, bebi uma caipiroska de morango, que estava deliciosa, e comi uma porção de fritas de frango com molho de ervas (meu preferido).

O Woodstock está localizado na Av. D, 1062 – St. Oeste, e funciona de terça a domingo à partir das 18h. Na sexta e no sábado o bar funciona até às 4h, e nos outros dias até às 2h.

É de Goiânia? já conheciam alguns destes bares? gostou da lista? comente aqui:


Por Di Lua, sobre Entretenimento, Uncategorized
Dia 14/07/2014
Sou um pouco eclética, mas minha grande paixão é o Rock (gosto que herdei da minha mãe). Do Rock and Roll ao Grunge, do Indie ao Country Rock.  E para comemorar a data nada melhor que ouvir e conhecer a história de algumas das minhas bandas favoritas.
A-ha
Sou fã dessa banda norueguesa desde criança, tempo em que ouvia as músicas no rádio à fita da minha mãe. “Take on Me”, “Crying in the Rain”, “Manhttan Skyline”, “Stay on These Roads” são algumas das minhas preferidas. Conheça mais sobre a banda aqui.
AHA rock lary di lua (1)
Billy Idol 
“Oh dancing with myself
Oh dancing with myself
Well there’s nothing to lose
And there’s nothing to prove
I’ll be dancing with myself”
Esse foi o refrão que me fez conhecer o Billy, cantor que estourou no final da década de 70 em Londres. Saiba Mais.
Bon Jovi
Talvez eu o já conhecia antes, mas foi em 2006 que conheci a banda. Ao completar 15 anos ganhei uma festa e tudo que tinha direito da minha mãe. Alguns meses depois o tão esperado DVD chegou e no seu encerramento uma música linda: “Always” do Bon Jovi. Foi amor à primeira escuta. E no momento aguardo ansiosamente pelo show da banda aqui em Goiânia, no mês de novembro. Saiba mais sobre ela aqui.
Men At Work
Ícones da década de 80 no cenário musical, o Men At Work nasceu na Austrália com influência do reggae, sendo classificada por muitos como surf music ( outro estilo que amo). “Down Under”, “It’s a Mistake”, “Who Can It Be Now?”, “OverKill”, “Into My Life” são algumas das minhas preferidas. Conheça o Men At Work aqui.
Men At Work rock lary di lua (4)
The Cure
“Friday in Love”, “Just Like Heaven” serão para todo o sempre as músicas da minha vida. E por causa da primeira que conheci o The Cure, banda em que colocava letras melancólicas em suas músicas, mas também produzia umas mais alegrinhas, como a “Love Cats”. Saiba mais aqui.
The Smiths
Não me lembro como os conheci, mas já faz algum tempo. Aos poucos eles foram me conquistando, com suas letras melancólicas e melodias incríveis. “Panic”, “This Charming Man”, “Girlfriend In A Coma”, “There Is A Light That Never Goes Out” são algumas que não me canso de ouvir. Conheça os Smiths.

 Comente aqui embaixo qual sua banda de rock preferida


Por Di Lua, sobre Entretenimento, Uncategorized
Dia 27/11/2012

Inspiração para essa noite

Por Di Lua, sobre Uncategorized
Dia 13/07/2012

 Porque 13 de julho é dia do Rock?

Há 27 anos, Bob Geldof organizou o Live Aid, um show simultâneo em Londres e na Filadélfia, com o objetivo de por fim na fome da Etiópia. Dire Straits, The Who, Queen, David Bowie, BB King, Mick Jagger, Sting, Scorpions, U2, Phil Collins ( que tocou nos dois lugares), Paul McCartney, Eric Clapton, Black Sabbath entre outros marcaram presença nos shows. Em 2005, Bob Geldof organizou o Live 8, com o objetivo de pressionar os líderes do G8 para perdoar a dívida externa dos países mais pobres erradicar a miséria do mundo. O Pink Floyd que estava separado há 20 anos tocaram juntos. Assim, o dia 13 de julho passou a ser conhecido como Dia Mundial do Rock.

O gênero musical começou a se desenvolver a partir da década de 1950, com raízes no rock and roll (que tem suas origens no Blues e no Country) e no rockabilly.  Antes mesmo de Elvis Prelsey, Chuck Berry e Bill Halley já tocavam o estilo “rápido, dançável e pegajoso”.
” Por que os jovens gostam de rock? Ora, porque os pais não gostam , é claro” Chuck Berry.
Elvis
No fim dos anos 50, Elvis vai para o exército, Chuck Bery é preso por 2 anos, Little Richard vira pastor, Buddy Holly,  Ritchie Valens e Big Boppes morrem em um acidente de avião. Quando o futuro do Rock parecia incerto,  surge os Beatles, carismáticos, irreverentes e cheios de sex-appeal , inaugurando uma era mais livre e esperançosa, os anos 60. No final da década de 60, o gênero musical já tinha desenvolvido diferentes subgêneros, como o Folk Rock e Surf Music. Bob Dylan que abordava temas sociais e políticos numa linguagem poética, foi um dos representantes da música dessa década, assim como Frank Zappa, Pink Floyd, Rolling Stones, Stooges, The Band, The Kinks, The Who, Beach Boys ( uma pegada mais Surf Music)  …
Beatles

Beach Boys
Os anos 70 foi a década de uma movimentada cena alternativa, de experiências comportamentais, a década da contra – cultura, do underground, dos jornais, revistas, livros e discos independentes. O gênero gerou uma série de outros subgêneros, tais como o soft rock, o glam rock, o heavy metal, o hard rock, o rock progressivo e o punk rock. Queen, Eric Clapton, Led Zeppelin, The Eagles, Jimi Hendrix, Steppenwolf, AC/DC, Rush, The Runaways , Aerosmith, Scorpions, Van Halen, e muitos outros.
AC/DC

Jimi Hendrix
New Wave, o Punk Hardcore e o Rock Alternativo marcaram a cena do gênero musical na década de 80. Bandas como Ramones, The Clash, The Smiths ( mais informações aqui), Duran Duran, A-ha ( mais informações aqui), Poison, U2, Sex Pistols, etc.  Já na década de 1990, os sub-gêneros que marcaram foram o  Grunge, Metal Core, Metal Progressivo, o Indie Rock, sendo representado por Nirvana, Oasis, Pearl Jam, Bikini Kil, R.E.M.
Duran Duran

 

Ramones

Páginas123456