Por Di Lua, sobre Uncategorized
Dia 03/09/2013
Tatuagem nem sempre foi uma coisa normal e que todos tinham, por muito tempo essa arte foi estigmatizada (tenho certeza que seus avôs olham de olho torto para a sua). No caso das mulheres era ainda pior, era tão raro ver uma tatuada que as pessoas pagavam para assistir. Emma deBurgh, Betty Broadbent e Maud Wagner (a primeira tatuadora reconhecida nos Estados Unidos) se tornaram celebridades na virada do século XIX – XX, pelo ato de coragem e inovação.

Charleston, 1930s

 1964

Betty Broadbent 1930

 

1930s

Maud Wagner, a primeira mulher tatuada nos EUA 1907.

1965

1928



Tainá H. disse:
Dia 03/09/2013 às 21:57

Nossa, que legal!
Nao tinha a minima ideia da historia das mulheres com tatoo, caramba para a epoca devia ser um PLAFT! mesmo, era como se fossem artistas ! Que legal![Lindona, é lógico que já estou supeer seguindo e curtindo sua fan page e te convido a seguir meu blog tb e a curtir minha fan page. Meu canal do Youtube: tainaheille
nossoblogdemodaa.blogspot.com

Dia 06/09/2013 às 05:20

Sempre vejo todos fazendos posts de tatuagem mas ninguém nunca trouxe nada da história assim. Gostei muito de aprender e pensar: elas eram fodas pra driblar a sociedade nessa época.
http://www.viciodiario.com/

Dia 06/09/2013 às 19:12

Nossa, que incrível, *o*
seguindo, beijos
http://blogueirosemdepressao.blogspot.com/

Dia 07/09/2013 às 05:15

Eu tenho três!

Adorei o post

http://agoratopronta.blogspot.com.br/
Beijos

Beatriz disse:
Dia 08/09/2013 às 04:03

Gente, que máximo! Na verdade eu nunca tinha parado para pensar em pessoas tatuadas antigamente. Aposto que estas foram mulheres incríveis! Sei lá, acho que pensava que tatuar o corpo inteiro era uma coisa mais "recente". Que bacana, parabéns pelo post, bjos!

Juntou Poeira