Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 05/09/2019
Cinco atrações gratuitas em Buenos Aires

Cinco atrações gratuitas em Buenos Aires para você fazer durante sua viagem. Buenos Aires é a escolha da grande maioria de brasileiras que deseja fazer uma viagem internacional pela primeira vez. 

Em 2012, aproveitei uma excursão para ir com mais duas amigas para a capital argentina. Não era o meu sonho conhecer o país vizinho mas amei muito. Como foi minha primeira vez em um lugar tão frio, a viagem foi encantadora e não vejo a hora de retornar. Durante a viagem, aproveitamos para conhecer várias atrações gratuitas em Buenos Aires e, assim, economizar dinheiro.

Atrações gratuitas em Buenos Aires

Tirar fotos com a estátua da Malfada

Com certeza você já viu algum quadrinho da contestadora Mafalda, que em 2019 completou 55 anos. Ela foi criada pelo cartunista argentino Joaquín Salvador Lavado Tejón, o Quino, e ficou conhecida por questionar e preocupar com causas sociais nas décadas de 60 e 70.

A estátua da Mafalda, inaugurada em 2009, tem 80 centímetros e está localizada em San Telmo, onde Quino viveu durante alguns anos.

Endereço: Calle Chile com Cale Defensa, San Telmo

Assistir ao pôr do sol em Puerto Madero

Puerto Madero é um dos bairros de Buenos Aires e é muito conhecido por conta da “Puente de la Mujer. O porto foi construído no século XIX para receber muitos navios. Contudo, as embarcações foram ficando maiores com o passar do tempo e o porto foi sendo deixado de lado. Durante anos, o porto foi classificado como um dos piores lugares da capital. Contudo, nos anos 90 a região foi revitalizada, surgindo ali restaurantes, cassinos, universidades, casas luxosas, baladas, entre outros.

Vá no fim da tarde e escolha um restaurante legal para apreciar o por do sol e a Puente da la Mujer, que é uma obra do arquiteto espanhol Santiago Calatrava e foi inaugurada em 2001.

Se encantar com o colorido do Caminito

O Caminito é uns dos lugares símbolos de Buenos Aires. Ela é uma rua-museu, com 150m, localizada no bairro de La Boca (sim, o estádio do Boca Juniors), com bastante casas coloridas, lojinhas e restaurantes. Eram nessas casas que moravam os imigrantes que trabalhavam no porto da cidade.  

Aproveite o local para passear, comprar algumas lembrancinhas e tirar muitas fotos, principalmente com pessoas vestidas como se fossem dançarinos de tango.

Aprender um pouco mais de arte no Museu de Belas Artes

Eu fiquei encantada quando visitei o Museu Nacional de Belas Artes, que é um dos maiores da América Latina, pela quantidade de obras, muitas delas bem famosas, como as de Monet, Picasso, Manet, Van Gogh, entre outros. Ele foi inaugurado em 1895 onde hoje é as Galerías Pacífico ( um shopping que vale a pena conhecer) mas precisou ir para um outro lugar em 1909 pelo aumento no volume de obras. 

Atenção: as entradas são gratuitas apenas nas terça-feiras, qualquer horário, e de quarta a domingo, após às 18h45. 

Endereço: Av. del Libertador 1473, Recoleta, Buenos Aires.

Fazer um passeio diferente em um cemitério

Eu sei que você levou um susto ao ler esse subtítulo, mas esse é uma das atrações gratuitas em Buenos Aires mais visitadas, principalmente por não ser algo tão comum.

O Cemitério da Recoleta, fundado em 1822, é um dos cemitérios mais célebres do mundo. Diversas personalidades e ex-presidentes da Argentina estão enterrados nele, que foi o primeiro do país, como : Eva Perón (ex-primeira-dama da AR, atriz e cantora), Miguel Juárez Celman, Bartolomé Mitre ( ambos ex- presidentes da AR). Tal característica juntamente com os luxuosos jazigos e construções e os belos jardins tornaram o Cemitério da Recoleta o mais famoso do país.

Endereço: Junín 1760, Recoleta, Buenos Aires.

Gosta de dicas de viagens? Vem conhecer meu canal! Lá dou várias dicas de como planejar viagens e compartilho com vocês minhas experiências viajando.