Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 07/08/2019
Cidade de Goiás - lary di lua

A Cidade de Goiás (antiga Vila Boa) é um dos destinos ideais para quem busca fazer um bate volta saindo de Goiânia. E foi o que eu, juntamente com minha mãe e irmão, fiz no dia 27 de julho. Acordamos cedo e por volta das  07h pegamos a estrada. Como moro na região leste da capital, levamos cerca de 40 minutos para chegar na saída para Goianira, via Perimetral Norte.

Após sair de Goiânia, a viagem ganha mais velocidade, principalmente porque a GO 070 é duplicada até chegar em Goiás. Para mim road trip tem que ter parada, mesmo que seja uma viagem de menos de duas horas. A graça de viajar de carro é parar onde dá na telha e por isso paramos em Itauçu para fazer um lanche. Na cidade, a duas lanchonetes grandes e que já viraram ponto de parada principal para quem vai para Goiás ou Aruanã, que são as lanchonetes Porta Aberta e Bambuí.

Na ida paramos na primeira, que tem muitas opções de salgados e buffet de café da manhã. Como estou com algumas restrições, fiquei só na salada de frutas. Minha mãe e meu irmão comeram um “salgadão assado” cada, composto por hambúrguer, bacon, mussarela e tomate. Eu fiquei só desejando haha.

O quê fazer na Cidade de Goiás

De lá pegamos a estrada e só paramos quando chegamos, por volta das 10h30, na Cidade de Goías. Deixei o carro às margens do Rio Vermelho e de lá seguimos a pé para a Praça do Coreto. A graça da Cidade de Goiás é andar a pé pelas ruas de pedras, admirar os casarões, entrar nas lojinhas para comprar quadros feitos em telha, esculturas em pedra sabão ou levar doces cristalizados de lembrança.

Por volta de 12h30, almoçamos no Restaurante Central, localizado na R. Quintino Bocaiúva, 2-82, pertinho da Praça do Coreto. Infelizmente na parte histórica da Cidade de Goiás tem poucos restaurantes. Em épocas de muito movimento, como no FICA ou Carnaval você pode ficar sem almoço durante o dia se enrolar muito, mas a noite há barraquinhas no Coreto ou na Beira Rio. Já em períodos de baixa temporada pode ser difícil encontrar muita opção. De toda forma vou preparar um post só com dicas de onde comer.

Museus da Cidade de Goiás

Depois do almoço fomos ao Museu das Bandeiras, instalado em 1950 no prédio que até então funcionava como Casa de Câmara e Cadeia. Em seu acervo: instrumentos de torturas utilizados no período colonial, peças de porcelana portuguesa, mobiliário do período de exploração dos bandeirantes na região durante os séculos XVIII e XIV e a Cruz do Anhanguera (marco da fundação do Arraial de Santana, que mais tarde viria a ser conhecida como Vila Boa e hoje Cidade de Goiás). O Museu da Bandeira funciona de terça a domingo, das 08 às 12h e das 13h às 17h e a entrada é gratuita.

De lá voltamos em direção à Praça do Coreto e fomos no Museu de Arte Sacra, que funciona na Igreja da Boa Morte. O Museu reúne obras sacras do artista Veiga Valle, escultor e santeiro da região de Vila Boa. Ele esculpiu uma variedade imensa de santos barrocos, a maioria em madeira cedro, em proporções reais e que davam impressão de movimento. O que mais gostei de saber, durante a visita, é que ele sempre esculpia a mão, juntando os dedos do meio e o anelar, formando duas letras V, fazendo alusão às suas iniciais. Infelizmente não pode fotografar no interior da Igreja. O Museu da Arte Sacra, localizada na R. Moretti Foggia, 14,(na Praça do Coreto) também funciona de terça a domingo, das 08 às 12h e das 13h às 17h e a entrada também é gratuita.

Do Museu, fomos até a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, construída em 1734. Em 1930, a primeira igreja foi demolida, dando lugar à atual construção, cujas fachadas são de pedras em estilo gótico e o interior repleto de pinturas do frei italiano Nazareno Confaloni. Aproveitamos para descansar no jardim da Igreja, usar o banheiro e preparar para a volta, pois tínhamos um compromisso em Goiânia. A Igreja está localizada na Rua Luiz Guedes Amorim, 1, Goiás – GO.

Eu amo a Cidade de Goiás e sempre que vou lá fico com vontade de voltar, por achar que não fiz quase nada.

E vocês, já conhecem a Cidade de Goiás? ficaram com vontade de conhecer?