Por Di Lua, sobre Uncategorized
Dia 25/08/2019

O chocolate é, sem dúvida, um dos doces favoritos das crianças e dos adultos também. Há tantos tipos, recheios, formatos que nunca é demais incluir variedades de chocolate nas festas infantis. No entanto, não basta ter todos, o chocolate deve também chamar a atenção dos convidados. As drageias de chocolate são as que mais possibilitam criar decorações diversificadas e são umas das guloseimas de eleição das crianças.

Por isso hoje vamos falar sobre ideias para servir as drageias e, ao mesmo tempo, deixar a festa infantil com uma decoração bonita e funcional. Se quer saber onde você pode encontrar drageias e outras guloseimas a um preço excelente e com entrega rápida, então deve dar uma olhada na página da Funtastyc.pt. Essa é uma loja online que trabalha com doces, aperitivos, lembrancinhas e objetos de decoração para festas infantis. Poderá encontrar tudo num só site, com diversas modalidades de pagamento seguro.

Vamos então às ideias para utilizar as drageias de chocolate. Antes de qualquer coisa, é importante pensar que essas são só sugestões, o que importa é ser criativo na altura de fazer a decoração.

Drageias de chocolates em potes de vidro

Esses são, no geral, os recipientes favoritos, porque são transparentes, sofisticados e deixam-nos ver o conteúdo, ou seja, os chocolates! Pode colocar um grande pote sobre a mesa do bolo como espalhar potes pequenos. Tenha cuidado para que os objetos não estejam ao alcance dos bebés, para evitar que se machuquem. No mais, um pote de vidro que chama atenção é um pote colorido! Varie nas drageias: as coloridas, as de chocolate negro, de chocolate branco… São imensas as possibilidades!

Drageias de chocolates em saquinhos

Se a sua proposta é servir as drageias como lembrancinhas, essa é a opção ideal para si! Os sacos plásticos podem variar de tamanho, mas, nesse caso, dê preferência aos sacos menores. E, mais uma vez, escolha deixá-los o mais colorido possível. Pode misturar bolas de chocolate ao leite com bolas de chocolate branco. Ou se a festa tem algum tema e cores específicos, pode optar por utilizar as drageias coloridas e, assim, seguir um padrão. As fitas que fecham os saquitos também podem ser de cores complementares ou similares às das drageias.

Drageias de chocolates em pacotes de papel

Sabemos que é mais habitual utilizá-los para servir pipocas, mas as drageias também podem combinar muito bem com esse recipiente. Tudo vai depender das cores e do padrão do papel. Nesse caso, poderá encomendar pacotes que combinem com o tema da festa ou mesmo utilizar pacotes básicos. Pode fechá-los com um fitilho, caso sejam para lembrancinhas, ou deixá-los expostos sobre a mesa, para que os convidados se sirvam à vontade.

Imagem: Reprodução Tele Culinária

Drageias de chocolates na decoração do bolo

Para deixar o bolo mais colorido e saboroso, pode cobrí-lo ou recheá-lo com vários tipos de drageias de chocolate. Na internet irá encontrar diversas imagens de bolos com drageias coloridas e, sem dúvida, é uma das modalidades que mais atrai a atenção para o bolo! Pode ainda utilizá-los sobre as madalenas e os demais doces que compõem a mesa.

*Guest Post


Por Di Lua, sobre Moda/Beleza
Dia 22/08/2019

O macacão social é uma boa opção para mulheres que não dispensam conforto e praticidade hora nenhuma, nem em eventos mais especiais, como casamentos e formaturas. Por ser uma peça única, fica muito mais fácil pensar no look como um todo e, usando os acessórios certos, dá para ficar até mais elegante do que se estivesse usando um vestido longo, por exemplo. A peça tem sido muito utilizada em festas, formaturas, e até por noivas mais descoladas.

Os vestidos longos reinaram durante muito tempo na categoria traje fino e nós sempre recorríamos a eles quando precisávamos ir à formatura da amiga, no casamento da tia, no baile de gala, nos tapetes vermelhos da vida (hahaha). Agora, o macacão volta com tudo e é peça coringa quando falamos em looks formais e finos.

Macacão Social em eventos especiais

O macacão social ganhou novas modelagens, cores e texturas, e, por isso, ficou ainda mais elegante e sofisticado. A peça já é vista em várias ocasiões mais especiais, sendo utilizado não só por convidadas de um casamento, por exemplo, mas até por noivas mais moderninhas, como a Karol Pinheiro, que usou a peça em seu casamento no civil (veja que lindo o modelo branco usado pela blogueira).

Por ser uma peça muito confortável e pratica, o macacão permite que a pessoa aproveite a festa e se jogue na pista de dança sem se preocupar com alça caindo ou mostrando algo que não deveria na pista de dança rs. A peça também alonga e valoriza a silhueta das baixinhas e das mais altas, respectivamente.

Além disso, em um cenário em que nos preocupamos cada vez mais com o meio ambiente, não faz muito sentido comprar um vestido que só vamos usar uma vez, certo? Com o macacão é diferente, você pode usar em um evento mais chique, como no dia a dia, no trabalho ou na balada, tudo irá depender do complemento, dos acessórios.

Escolhendo o macacão social certo

Tecido: Este é o principal fator de escolha na hora de comprar o macacão social que você utilizará em diferentes eventos especiais. Prefira tecidos planos e mais estruturados, que transmitam certa elegância ao look, como o tafetá, gabardine, sarja e até mesmo o linho. Fuja dos modelos em malhas se estiver procurando uma peça para ser usada em situações mais formais, uma vez que este material passa um visual de leveza e informalidade ao look.

Cor: Macacão em tons neutros são básicos, vai bem com tudo e com os acessórios certos ficam elegantes sem muito esforço. Contudo, escolha uma cor que você goste, até porque a ideia é usar a peça várias vezes, e acerte o look testando os acessórios que você já tem no armário. Quer causar? Invista em peças douradas, com brilhos ou com detalhes chamativos.

Acessórios: são eles que irão incrementar ainda mais o look e deixá-lo ainda mais elegante, ou não. Brincos, colares e bolsas de mão com detalhes de pedras, em dourada e prata são essenciais se você quiser um look mais chique. Uma sandália salto fino e um blazer da cor da peça valorizam ainda mais o macacão social.

Eu particularmente estou amando o retorno do macacão social e já estou procurando uma peça para chamar de minha. E você, gosta do macacão social? Comente aqui:


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 15/08/2019

Eu sempre abro uma nova planilha de planejamento de viagem assim que eu começo a pensar em um destino. Isso facilita muito a viagem em si e a própria fase de planejamento. A seguir eu listo passo a passo de como penso e organizo minhas planilhas.

Planilha de planejamento de viagens: lista de locais

Essa é uma planilha opcional e que a maioria das pessoas carrega na mente. Sabe quando as pessoas te perguntam o local que você mais gostaria de conhecer ou para onde irá viajar nas suas férias? Acredito que a maioria das pessoas tem uma lista mental para essas viagens e muitas outras gostam de anotar para que o universo ouça aquilo e dê uma forcinha.

Eu confesso que não tenho isso anotado em nenhum lugar, mas sei de cor os locais que estão de primeiro ao quinto lugar da minha lista de lugares para conhecer.

Está bem, vou dividir minhas viagens dos sonhos com vocês: Grécia, Egito, Itália, Escócia e Inglaterra.

Planilha com os dias e locais

A primeira planilha de planejamento de viagem que crio é com os dias em que eu estarei viajando, inclusive com os dias de locomoção, ou seja, os dias que estarei voando ou na estrada, por exemplo. Isso me ajuda a fechar os hotéis, a planejar os roteiros, a calcular os custos das viagens.

Então faço uma coluna com as datas e uma outra coluna com o local. Se eu irei para mais de dois locais durante a viagem, eu gosto de deixar as cédulas de cores diferentes, para facilitar a legibilidade da planilha.

Planilha com roteiro resumido

Na planilha com os dias e locais acabo criando uma nova coluna e colocando as coisas que pretendo fazer neste dia. Isso me ajuda a, ao longo do planejamento, pensar o roteiro da melhor forma possível e agrupar cada coisa em uma região da cidade ou do local. As vezes tem um ponto x que fica perto do hotel, mas também fica perto da praia em que você pretende passar o domingo, então após pensar de forma geral em todos os dias da viagem, você pode reorganizar o roteiro e decidir visitar o local x quando estiver voltando da praia. Falando assim parece coisas simples, mas que fazem bastante diferença durante uma viagem, principalmente se ela for curta.

Por exemplo, quando fui para o Espírito Santo, no dia 16/05, o dia em que cheguei em Guarapari, planejei visitar os pontos próximo ao hostel e depois coloquei os pontos mais no Centro para visitar no fim da tarde, início da noite.

Passeio de trem de Ouro Preto a Mariana/MG

Também gosto de deixar essa planilha com uma coluna de manhã, tarde e noite para deixar minha viagem ainda mais prática e organizada. Contudo, destaco que na maioria das vezes não fico tão presa ao roteiro e que ele funciona como uma guia para mim. Gosto de viver o momento e nem sempre as coisas irão acontecer da forma que planejamos e isso é a graça da vida.

Planilha de planejamento de viagem

Atenção:

Quando eu faço uma viagem aqui no meu Estado ou até para outros estados, que não necessita de tanto planejamento assim, minhas planilhas costumam ser simples, só com os dias, locais e roteiro resumido, e acabo fazendo uma planilha para eu calcular os custos da viagem a parte (leia este post aqui). Na minha viagem para os Estados Unidos elas foram bem detalhadas, com nome de hotéis, ruas, locais e todo detalhe que ajudaria minha locomoção, até porque eu não era (ainda não sou) fluente em inglês.

Primeira planilha que fiz para a viagem aos EUA

Pensando nisso, disponibilizei a planilha que uso para planejar viagens, de forma geral, para vocês aqui. Baixe, use e depois me conta aqui se gostou.


Por Di Lua, sobre Moda/Beleza
Dia 13/08/2019
Mint the Spring/Summer 2020 colour Trend | Johanna Ortiz Resort 2020 Fashion Show | Jacquemus Spring Summer 2020 Paris Fashion Week Show

Cores fortes, tecidos frescos e alegres, peças fluídas, animal print e estampas florais são algumas das tendências que estarão com tudo na primavera-verão 2020. Com a proximidade da primavera, que no hemisfério sul começa no dia 21 de setembro, e o frio começando a dar tchau, a gente começa a ver mais looks coloridos nos editoriais e nas ruas.

O que eu mais amo na estação é poder usar ainda mais os tecidos florais, peças mais fluídas, cores, vestido curto, além de usar ainda mais minhas sandálias e calçados abertos (estou num momento de usar muita sandália plataforma de tecido e salto de corda, tenho uma e amo).

Primavera-verão 2020

Image Source: Getty / Arnold Jerocki

A estação primavera/verão sempre traz muitas cores, estampas e tecidos mais fresquinhos e a que se aproxima não será muito diferente. Tonalidades mais fortes como amarelo, laranja, rosa e vermelho chegam com tudo, deixando o verão ainda mais quente. Porém, o menta e o lilás, que são cores mais frias, também terão espaço em nosso verão. A estação também terá muitas cores pasteis (azul, rosa, amarelo e verde mais claros, que lembram doce e dá vontade de comer, sabem? rsr) e looks monocromáticos.

Estampas tropicais

Vamos combinar que não há estampa mais cara de primavera-verão (principalmente no Brasil) que as tropicais, com muitas flores, palmeiras e frutas. Nesta estação elas voltam repaginadas: as flores aparecem maiores e misturadas às folhagens, e ganham um toque mais abstrato. A estampa tropical também aparece em conjunto com outros padrões de estampas, como as listras, e em looks para a noite.

Estampa animal print

O animal print que chegou no outono inverno irá continuar na primavera-verão, principalmente nos acessórios (alô bolsas com detalhes de oncinha!). O couro fake de cobra também continua com tudo.

Franjas

A fluidez da estação fica por conta das franjas, que aparece em blusas, croppeds e vestidos. Eu amo as peças com franjas que tem uma pegada mais boho e western.

Vichy

O xadrez perde todo o seu tom sombrio de outono-inverno e na primavera-verão retorna, mas com cores e bem coloridos no estilo Vichy. Sabe aquelas toalhas de mesa quadriculadas (a maioria vermelha ou verde) típicas dos piqueniques de filmes? essa é a padronagem Vichy, que nesta estação aparece em versões de preto e branco, rosa e amarelo.

Listras

Essas chegaram há alguns verões para ficar de vez. Contudo, nesta estação, as listras são coloridas, com bastante influência dos anos 90, e perdem um pouco o estilo navy, caracterizado por listras pretas, azuis e vermelhas. Além disso, a padronagem das listras nesta estação é bem mista, podendo ser bem finas, largas, com bastante espaço entre elas e na diagonal.

Linho

Já o tecido que ganha destaque na estação é o linho. O tecido, que é tradicionalmente mais clássico e usado em peças com cortes retos e elegantes (como blazers e vestidos), veste muito bem. Nesta estação ele ficou mais leve, sendo usado principalmente em calças, vestidos e macacões. Para usar a peça de linho sem erro aposte em sandálias e acessórios coloridos ou artesanais, que também estará com tudo na primavera-verão.

Anos 2000

Vamos comemorar os anos 2000, sim! Esqueça as influências dos anos 80, porque agora é a vez das boinas, das bandanas, da cintura baixa (essa eu torço o nariz um pouco hahaha, usei muito na adolescência) dos looks all jeans e dos ternos de cores claras.

Beleza

Um dos assuntos do momento é skin care (cuidado com a pele), todo mundo está cuidando e se preocupando ainda mais com a pele e os cuidados básicos. Assim, a primavera-verão será marcada pela make mais natural, com aquele aspecto de “acordei e só lavei o rosto”. A diferença e o ponto de destaque fica por conta do delineado gatinho nos olhos, que será a cara do verão.

Quais dessas tendências você mais gosta e já está usando? Comente aqui:


Páginas12345678... 240»