Por Di Lua, sobre Dicas de Goiânia
Dia 31/10/2019
Pedro Scalon goiania lary di lua

Pedro Scalon, cantor e compositor goiano, se apresenta na próxima segunda-feira (04/11), às 18h30, na Varanda Sesc Centro, com o show Totens (Acústico e ao Vivo). A Entrada é gratuita. Na ocasião ele também apresentará seu quinto single do CD Translúcido, segundo álbum oficial de sua carreira. Na mesma semana, o cantor lança sua nova música “Tudo Blue” em diversas plataformas digitais, como YouTube, Spotfy, Dezzer, Instagram, Facebook entre outras.

Sinergia

Para essa próxima apresentação no Sesc, Pedro quer levar a mesma sinergia de seu último show realizado no Sesc de Anápolis, onde fez uma homenagem ao Cazuza. “O show foi maravilhoso! gratificante. Nunca tinha visto no mesmo público faixa etária de 13 anos a 70, onde todos nós cantávamos em um só coro, vibrando em uma única sinergia.”, relembra emocionado.

A professora Adriana Aparecida Costa estava presente na última apresentação de Pedro e ficou admirada. “Pedro Scalon emocionou e encantou o público de Anápolis, fazendo todo mundo cantar junto e vibrar em uma energia maravilhosa na homenagem ao Cazuza”, disse.

Pedro Scalon já apresentou ao público os singles “Reencontro”, “Meu Lar”, “Amor Transforma” e Deixa. A canção “Tudo Blue” fala sobre amor, de uma forma clara, profunda e poética. “Sempre tive vontade de compor e criar músicas desde quando era criança. E esse CD Translúcido tem sido uma revolução intrapessoal, pois estou mexendo com várias coisas dentro de mim muito fortes, que vai desde o senso poético até as coisas da linguagem lúdica”, revelou Pedro.

Translúcido

O novo álbum tem 10 músicas e todo mês será lançada uma nova, com produção de Ricardo Ponte, ganhador do Grammy latino. Todas as canções desse trabalho são autorais. Pedro descreve suas composições como a forma que ele enxerga o mundo, “componho realmente o que eu vivo, sempre penso em coisas que possam tocar o íntimo das pessoas, mas as levando a não ter um pensamento estático”. As composições do seu mais novo álbum foram feitas durante os últimos dois anos, momento em que se mudou de Goiânia para Brasília e teve um filho. Com o CD Translúcido, Pedro executou uma mudança de estética e linguagem.

Influências do Pop, Rock e MPB

O músico descreve o novo trabalho como uma fusão do Pop, do Rock, e da Música Popular Brasileira (MPB), mas com um forte teor poético. Ele, que inclusive, tem duas antologias de poesias publicadas pela Secretaria de Cultura do Estado de Goiás, diz que gosta de compor sobre assuntos que darão margem para que as pessoas possam pensar criticamente, dando possibilidades maiores de interpretação.

No período de produção, Pedro andou escutando novos sons, como Jhon Mayer, Tiago Iorc, e Maria Gadu, entre outros.  A ideia era unir o moderno e o tradicional. “Quando se trata de Pop, MPB e Rock, a Música Popular Brasileira precisa voltar a ter voz, precisa voltar a ser pulsante”, desabafa.