Por Di Lua, sobre Moda/Beleza
Dia 14/06/2019

A tendência Western chegou com tudo no outono/inverno 2019 e eu gostei bastante, pois é um estilo já que incorporei no meu estilo pessoal. O estilo inclusive apareceu na passarela da Dior Cruise 2018, que conseguiu coordenar ponchos, bota country e casacos pesados com peças mais leves, como a renda.

Dior Cruise 2018 – Imagem Reprodução: In Style

Contudo, muitas pessoas torcem o nariz quando ouvem falar do estilo Western (que tem suas origens no Velho Oeste), por que acham que é se caracterizar totalmente de cowboy ou cowgirl, como se a regra fosse: se vista para ir à um rodeio, embora não seja isso.

Sempre que me perguntam meu estilo, respondo que ele é boho, pois gosto da mistura de vários estilos que ele proporciona, mas sempre pensando no conforto e em looks fluídos. E um dos mix mais importantes desse estilo é o Western. É muito comum encontrar botas chelsea, bolsas com franjas, cintos com fivelas e lenços quando se pesquisa por estilo boho na internet, por exemplo.

Além disso, música, filmes e séries influenciam muito na construção da nossa personalidade e, consequentemente, no nosso estilo. Sabem quais são meus tipos de música preferidos? Rock, country/rock e folk hahaha. Ou seja, o estilo Western faz parte totalmente do meu estilo, mesmo eu não gostando nem um pouco de sertanejo.

Peças chaves do estilo Western

O Western tornou se popular nas décadas de 1940 e 1950 por meio dos cantores country e dos filmes de Velho Oeste. Ele é inspirado nas roupas utilizadas pelos camponeses norte-americanos do século XIX, por isso o jeans e o couro são muito comuns no estilo.

Para arrasar na hora de pensar em looks inspirado no Western invista nas seguintes peças:

Botas: de cano médio, bordada, com fivelas, com tachas, com detalhes de animal print, bota de cano curto, enfim, essa é a peça essencial do estilo e por isso tem que ter. Aposte em um modelo que seja fácil coordenar com seu estilo e possa ser usada em produções mais básicas e do dia a dia.

Peças com franjas: pode ser uma bolsa tipo saco, uma bolsa pequena a tiracolo, um detalhe na bota de camurça, na camisa preta ou na jaqueta marrom de sued. A Franja garante mais movimento ao look, e isso é essencial no estilo Western.

Cintos: esse é um acessório essencial do estilo. Aposte em modelos largos e com fivelas grandes. Eu amo aqueles cintos duplos e acho a cara do estilo Western.

Estampas: Aposte em vestidos fluídos com estampas florais, ou em estampa de estrelas. Ambas são a cara do Western, principalmente coordenadas com uma segunda peça, que pode ser uma jaqueta de couro, cardigan com texturas e até mesmo com ponchos. A estampa xadrez também é curinga na produção Western, mas cuidado na hora de usar. Escolheu uma camisa xadrez? aposte em uma peça lisa ou jeans para a parte de baixo, por exemplo.

Couro e camurça: são tecidos bem característicos do estilo e comumente vistos em jaquetas, botas e até em calças. Esqueça a jaqueta de couro preta e aposte em tons terrosos.

Lenços: amarrados no pescoço e coordenados com camisas de cores claras, ou amarrada na bolsa ou no lugar do cinto, pode se jogar no acessório. Aposte naquele lenço tipo bandana.

Como incorporar o Western ao seu estilo?

O grande truque para incorporar o Western ao seu estilo pessoal é escolher uma ou duas peças que tragam a tendência de forma mais sútil ao look, pode ser um cinto de fivela coordenado com uma bota bordada, ou uma jaqueta de couro com franjas.

Também é importante observar como o estilo é trabalhado nos catálogos de moda: nada é muito over, exagerado, mas bem moderninho e feminino. Aproveite para se inspirar na coleção Western da Amaro.

E por último, assista à alguns filmes em que o estilo é bem presente para você se inspirar, vale filmes de velho oeste ou filmes uma pegada mais country/rock, como Easy Rider, Johnny e June (que conta um pouco da história do Johnny Cash, considerado o rei da música country),Thelma e Louise, entre outros.

E vocês, gostam deste estilo? Comente aqui!

* Imagem do banner: Harpers Bazaar. Photographs by: Mariano Vivanco, Fashion Editor: Joanna Hillman Sep 12, 2017.


Por Di Lua, sobre Dicas de Goiânia
Dia 10/04/2019


Rocket 07

Imagem: Reprodução Curta Mais

Um ambiente legal para encontrar a turma e ouvir alguns clássicos do rock (ACDC, Aerosmith, Guns and Roses, entre outros), além de comer bem, pois lá há petiscos e pratos que servem duas pessoas tranquilamente. Já fui no Rocket 07 duas vezes, e todas as vezes durante o sábado. Na primeira vez que fui experimentei uma carne forrada com bastante queijo e catupiry (desculpem, mas não lembro o nome), e da segunda vez comi a torre de batata, que se resume a uma torre de batata com bastante cheddar e bacon, estávamos em cinco pessoas e mesmo assim não conseguimos comer tudo.

Localização: Av. Portugal, 1010 – St. Marista, Goiânia – GO

Diablo Bar

Imagem Reprodução

Fui ao Diablo Bar pela primeira vez em dezembro de 2017 e adorei. O bar, que é anexo a boate Diablo, tem uma área externa grande e uma playlist do rock ao pop para animar qualquer sexta-feira que se preze, tanto que a maioria das pessoas vão para lá antes de ir para a balada. Pedimos uma porção de tiras de frango empanado com molho de ervas e amamos, o frango estava tão macio que lembrava peixe, e o molho de ervas foi o melhor que já comi em minha vida rs.

Localização: R. 91, 632 – St. Sul, Goiânia – GO

Vai Tomá no Kuka Bar

Famoso pelo seu Pastel gigante, o Vai Tomá no Kuka Bar (mais conhecido como Kuka) é um típico bar para ir com os amigos jogar conversa fora. Fui pela primeira vez lá em janeiro de 2019 e gostei bastante. Na parte interna do bar, que é bem pequena, a decoração rock and roll chama toda atenção, mas a galera gosta de ficar nas mesas espalhadas ao longo da calçada. Do lado do bar (ou seria na calçada do bar? rsrs) funciona a Loja do Ervilha – Bugigangas & Parafernálias com vários itens de decoração com a temática rock and roll, filmes e motos. Neste dia experimentei o Pastelzão, que dá tranquilamente para dois pessoas comerem.

Localização: Rua C-30 Qd.32 Lt.10 N.18 Jd. América

Confira aqui mais três bares que você precisa conhecer em Goiânia se gosta de Rock.


Por Di Lua, sobre Dicas de Goiânia
Dia 14/12/2017

Goiânia até pode ser conhecida como a capital do sertanejo, mas aqui tem lugar para quem gosta de rock sim! Mas nem sempre estes lugares estão na mídia ou na boca do povo, e por isso hoje vou indicar bares que gosto de ir para encontrar os amigos e petiscar ao som do bom e velho rock and roll.

Bares para ouvir Rock em Goiânia

Matuto Bar

O Matuto é aquele bar pequeno para o Happy Hour com os amigos, tomar um drink com o crush, experimentar cervejas especiais, experimentar petiscos diferentes, tudo isso ao som de ACDC, Beatles, Roling Stones,  xx. Eu frequento o Matuto há um bom tempo, pois uma amigava morava na mesma rua em que ele está localizado. Dicas de petisco? Experimente iscas de frango ao molho pesto e as tiras de bancon ao limão, são divinos.

 

O Matuto Bar está localizado na Rua 242, Nº190, no Setor Leste Universitário, Goiânia – GO. De segunda à quinta, o Matuto funciona das 18h até às 23h30. Já sexta e sábado, o bar funciona até às 01h.

 

Belga Pub

Conheci o Belga Pub há alguns dias, pois a mesma amiga que morava perto do Matuto, a Ana Flávia, agora mora perto do Belga hahaha. Nos encontramos lá para colocar a conversa em dia e  a Ana tomar o seu chopp. Para acompanhar pedimos batata frita e anéis de cebola e amamos.  O que mais me chamou a atenção é a decoração do local, garrafas de cervejas, quadros de bandas,  e tampas de toneis de chopp decoram as paredes. Terça, quinta e aos sábados tem shows ao vivo no pub.

 

O Belga está localizado na Av. T9, Nº 3975 – Jardim Planalto, e funciona de terça (18h – 01h30) à domingo (16h – 23h30).

 

Woodstock Rock Bar

Imagem reprodução: Facebook Woodstock

Conheci o Woodstock com o crush no inicio do mês, apesar de sempre ouvir falar, eu nunca tinha tido a oportunidade de ir lá. Com o nome inspirado no famoso festival de rock, o Woodstock  toca rock, jazz e blues, e é aquele lugar para encontrar os amigos depois de um dia puxado de trabalho, ou simplesmente para ir beber sozinho no balcão. No dia que fui lá, bebi uma caipiroska de morango, que estava deliciosa, e comi uma porção de fritas de frango com molho de ervas (meu preferido).

O Woodstock está localizado na Av. D, 1062 – St. Oeste, e funciona de terça a domingo à partir das 18h. Na sexta e no sábado o bar funciona até às 4h, e nos outros dias até às 2h.

É de Goiânia? já conheciam alguns destes bares? gostou da lista? comente aqui:


Por Di Lua, sobre Entretenimento
Dia 14/07/2014
Sou um pouco eclética, mas minha grande paixão é o Rock (gosto que herdei da minha mãe). Do Rock and Roll ao Grunge, do Indie ao Country Rock.  E para comemorar a data nada melhor que ouvir e conhecer a história de algumas das minhas bandas favoritas.
A-ha
Sou fã dessa banda norueguesa desde criança, tempo em que ouvia as músicas no rádio à fita da minha mãe. “Take on Me”, “Crying in the Rain”, “Manhttan Skyline”, “Stay on These Roads” são algumas das minhas preferidas. Conheça mais sobre a banda aqui.
AHA rock lary di lua (1)
Billy Idol 
“Oh dancing with myself
Oh dancing with myself
Well there’s nothing to lose
And there’s nothing to prove
I’ll be dancing with myself”
Esse foi o refrão que me fez conhecer o Billy, cantor que estourou no final da década de 70 em Londres. Saiba Mais.
Bon Jovi
Talvez eu o já conhecia antes, mas foi em 2006 que conheci a banda. Ao completar 15 anos ganhei uma festa e tudo que tinha direito da minha mãe. Alguns meses depois o tão esperado DVD chegou e no seu encerramento uma música linda: “Always” do Bon Jovi. Foi amor à primeira escuta. E no momento aguardo ansiosamente pelo show da banda aqui em Goiânia, no mês de novembro. Saiba mais sobre ela aqui.
Men At Work
Ícones da década de 80 no cenário musical, o Men At Work nasceu na Austrália com influência do reggae, sendo classificada por muitos como surf music ( outro estilo que amo). “Down Under”, “It’s a Mistake”, “Who Can It Be Now?”, “OverKill”, “Into My Life” são algumas das minhas preferidas. Conheça o Men At Work aqui.
Men At Work rock lary di lua (4)
The Cure
“Friday in Love”, “Just Like Heaven” serão para todo o sempre as músicas da minha vida. E por causa da primeira que conheci o The Cure, banda em que colocava letras melancólicas em suas músicas, mas também produzia umas mais alegrinhas, como a “Love Cats”. Saiba mais aqui.
The Smiths
Não me lembro como os conheci, mas já faz algum tempo. Aos poucos eles foram me conquistando, com suas letras melancólicas e melodias incríveis. “Panic”, “This Charming Man”, “Girlfriend In A Coma”, “There Is A Light That Never Goes Out” são algumas que não me canso de ouvir. Conheça os Smiths.

 Comente aqui embaixo qual sua banda de rock preferida


Páginas1234567