Por Di Lua, sobre Moda
Dia 18/06/2017

Eu amo peças jeans, e por isso tenho diferentes peças no meu guarda-roupa com este tecido: calças, shorts, vestidos, blusas e camisas. E ainda sim, sempre estou comprando mais haha. E foi o que aconteceu quando escolhi algumas peças na ToSave.

Após passar horas navegando no site escolhi um vestido ciganinha jeans, contudo, para minha surpresa, o vestido chegou e não era jeans (não, eu não li a descrição do material do vestido rs) e sim um tecido sintético com um azul lindíssimo. E ele foi minha escolha na hora de montar um look para ir ao shopping nessa sexta.

Segundo a descrição do site, o vestido ciganinha é “uma mistura de algodão” rs, e apesar dos meus conhecimentos não consegui definir de qual tecido ele é feito, mas acho que seja um tecido sintético, pois amorrata com facilidade, e isso é a única coisa ruim sobre a peça. No entanto, o vestido é muito lindo e veste bem. Apesar de vestir P e M na modelagem brasileira, pedi o tamanho L, pois sei que a forma dessas lojas onlines de fora são bem pequenas, e serviu direitinho.

ToSave

A ToSave.com é uma empresa de e-commerce chinês com diversas categorias, desde moda a eletroeletrônicos, que trabalha com preços baixos e envia para vários países. Eu gostei do site por diversos motivos, entre eles:

 

  • O site está em diversos idiomas, inclusive português;
  • O frete é bem em conta;
  • A peça chega no Brazil de 15 a 35 dias, o meu pedido levou cerca de 30 dias para chegar;
  • Dá para você criar uma wishilist no site;
  • Aceita pagamentos via Paypal;
  • Você ganha pontos sempre que compra algum produto.

Gostou desse vestidinho azul? compre ele aqui.

No vídeo de recebidos deste mês mostro as outras peças que chegaram.

Ah, me acompanhe no Instagram e acompanhe minha rotina: @larydilua.

BeautyHair

Por Di Lua, sobre Diário de Viagem, Uncategorized
Dia 12/06/2017

Após duas noites e um dia em Capitólio/MG, no sábado, dia 20 de maio, caímos na estrada novamente rumo a Ubatuba/SP.  Com todas as coisas organizadas no dia anterior, acordamos às 6h, tomamos café da manhã na pousada mesmo, e as 7h deixamos a cidade. Cruzamos o sul de Minas, passando por  fazendas, casarões coloniais, capelas no meio de nada, serras e muita paisagem de tirar o fôlego. Inclusive passamos por uma cidade chamada Machado (meu sobrenome rs), mas na pressa para chegar em Ubatuba antes de escurecer, não paramos para fotografar.

Após passar por Pouso Alegre/MG, decidimos que iríamos parar na próxima cidade para almoçar. Contudo, só paramos 1h depois em Paraisópolis, uma cidadezinha em Minas. Almoçamos em um restaurante de estrada, que ficava em cima de um pequeno morro e da janela contemplamos uma paisagem incrível. 

Depois do almoço evitamos parar, pois não queríamos descer a Serra do Mar durante a noite. Passamos por São Bento do Sapucaí – SP, onde comprei 4 caixas de morango por R$8 (arrependi de não ter comprado mais rs), depois passamos em Santo Antônio do Pinhal – SP, uma cidadezinha pequena com estilo europeu (quero voltar para ficar hospedada lá).

Por volta das 16h30 estávamos começando a descer a Serra do Mar, Rodovia Oswaldo Cruz, sentido Taubaté – Ubatuba. Além de ser muito perigosa, a neblina não ajudou nem um pouco, em alguns trechos parecia que já era noite de tão escuro que estava, e o carro não passava de 10km/h. Devagar e com paciência, chegamos na entrada de Ubatuba por volta de 17h e seguimos direto para o flat que eu havia encontrado no Booking, Villa Bela Flats, localizado na Praia da Enseada.

Até que conseguimos desfazer todas as malas e nos acomodar, já estava escuro. Passamos em um supermercado para comprar comida e jantamos em uma pizzaria na praia da Enseada mesmo.

Assistam como foi a viagem de Capitólio à Ubatuba neste vídeo aqui:

No próximo post sobre Ubatuba, darei dicas do que fazer na cidade com base no que fiz durante os dias que fiquei lá.

 


Por Di Lua, sobre DIY, Moda
Dia 05/06/2017

As festas juninas estão aí e com elas as comidas típicas e a procura por vestido de quadrilha. Contudo, nem sempre é fácil encontrar um pegar emprestado ou comprar, e nessa hora é que bate o desespero. Pensando nisso, gravei um tutorial ensinando a fazer um vestido de quadrilha usando uma regatinha e chitão.

Materiais para o vestido de quadrilha

Chitão (1m  x 0,80 m);
Blusinha de alça ou camiseta ou regata;
Tesoura de tecido;
Elástico grosso;
Elástico fino;
Barra de renda;
Alfinetes de cabeça.

Passo a passo para fazer o vestido de quadrilha

Cortei o Chitão ao meio, ficando 1m x 0,40m de largura e depois costurei mais 58cm ao comprimento para o vestido ficar com várias pregas. Após isso, coloquei o elástico grosso no tecido e fiz a barra. O próximo passo foi costurar a barra de renda no tecido para o vestido não ficar muito curto, e fechei as laterais.

Com a parte da saia de chitão pronta, costurei ela na minha regatinha branca. Para a parte de cima não ficar sem graça, fiz um babado com 1m x 0,10m, costurei o elástico fino e depois de pronto costurei ele na alças da minha regatinha. E assim ficou meu vestido de quadrilha:

Assista ao tutorial aqui:

 


Páginas12345... 269»