Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 16/07/2019

Pensar no roteiro da viagem para muitas pessoas é algo dificílimo, e, por isso, muitas acabam preferindo pagar uma agência de viagem ou pesquisar por roteiros na internet. Eu, no entanto, prefiro fazer meu roteiro, visitar o que sempre quis conhecer e fazer as coisas no meu tempo.

Quando eu comecei a viajar com minhas amigas, eu era a responsável por pensar no roteiro, colocar no papel o que iríamos fazer e em quais dias. Eu amava poder fazer isso, pois assim eu tinha certeza que iria nos lugares que sempre quis conhecer. Com o tempo fazer roteiros foi se tornando algo natural e que eu tenho muita facilidade para fazer. Para ajudar vocês a fazer o roteiro de sua viagem elaborei o seguinte passo a passo:

Sobrevoando alguma cadeia de montanhas dos EUA

Fazendo o Roteiro da sua viagem:

Primeiro eu anoto todos os lugares que eu gostaria de conhecer naquela viagem.

Depois eu agrupo tudo por localização. Com o Google Maps aberto vou pesquisando onde é cada coisa e assim agrupando os que ficam no mesmo bairro ou na mesma região. Isso facilita muito, pois economiza tempo e dinheiro no deslocamento.

Roteiro: distribua os lugares que você quer ir

Depois de agrupar os lugares que quero conhecer, começo a jogar isso em uma planilha do excel para assim ir definindo os dias em que vou em cada lugar. Isso é muito importante, principalmente se você pretende ir em algum museu que precisa agendar ou comprar ingresso ou em alguma atração. Por exemplo, quando fui para Los Angeles, eu havia comprado ingresso para a Disney no dia 09/05 e para a Universal no dia 10/05, dia do meu aniversário. Logo, eu teria do dia 11 – 14 para conhecer a cidade. Assim, acabei agendando o museu The Broad no dia 11/05, pois era a única data disponível (é preciso agendar com quase um mês de antecedência), assim, acabei visitando o Centro da cidade nesse dia.

Cachoeira da Fumaça – Nova Ponte/MG

Roteiro: pense no tempo de deslocamento

É importante pensar no tempo que gastarei em determinado passeio e no tempo de locomoção do meu hotel até o lugar, para assim definir quantos lugares serão visitados naquele dia. De toda forma, não gosto de colocar mais de quatro coisas para fazer em um dia, sendo duas pela manhã e duas após o almoço, pois gosto de fazer as coisas com calma, aproveitando o momento. Durante a noite, se eu não tiver programado nada, gosto de bater perna na região de onde estou hospedada.

Roteiro: não se prenda tanto

E por último, o ponto mais importante: não se prenda tanto ao seu roteiro, pois provavelmente acontecerá algo e você não conseguirá segui-lo totalmente. Nos últimos dias em Los Angeles eu estava muito cansada, fora que no dia 11/05 amanheceu chovendo, assim eu preferi andar pela Calçada da Fama e ir para Downton (região central) após o almoço. No outro dia, eu iria só para Bervelli Hills, mas acabei conhecendo duas brasileiras e segui com elas para Santa Monica e Venice Beach, lugares onde eu iria só no domingo, dia 13/05.

Convento da Penha

Na minha última viagem (aqui), choveu muito na região metropolitana de Vitória e eu tive que passar mais uma noite em Guarapari, apertando ainda mais meu roteiro.

Baixe aqui o roteiro da minha última viagem que eu fiz para você ter uma ideia. Sempre faço o meu roteiro no Excel.


Por Di Lua, sobre Moda/Beleza
Dia 12/07/2019

O tênis branco é uma peça que chegou e ficou em nossos guarda-roupas e, por isso, é considerado um clássico da moda feminina. O calçado é versátil, combina com todas as peças que temos em nossos armários, e ainda vai bem em quase todas as ocasiões: balada, trabalho, faculdade, passeio no museu, barzinho, cinema, compras, almoço e por aí vai.

Estamos em uma época em que o conforto fala muito mais alto na hora de pensar no look, principalmente se levarmos em conta que o dia de todas as mulheres são bem corridos. E o tênis acaba sendo o calçado ideal quando se pensa em aliar conforto, correria do dia a dia e estilo. Pensando nisso, as marcas têm lançado cada vez mais diversos modelos de tênis (sem necessariamente serem brancos), e eles não ficam mais restritos ao departamento fitness como era antigamente. Eu mesma não abro mão de conforto na hora de me vestir, seja para ir ao trabalho ou para uma balada.

E é neste cenário que entra o tênis branco. O modelo do tênis não importa, pode ser mais baixo (tipo os clássicos das marcas Keds ou All Star), Chunky (estilo tênis de pai dos anos 80 hahaha), com detalhes coloridos, sem cadarço, com cano, com plataforma, com pegada mais esportiva, enfim.

Já a cor, neutra e clássica, facilita na hora de pensar no look como um todo: pode ser um look todo branco, ou todo preto e só o tênis branco. Pode ser um look mais neutro, ou um look todo colorido, uma estampa mais clássica ou animal print. Além disso, o calçado é bem versátil e vai bem em diferentes ocasiões e com todas as peças do guarda-roupa feminino, veja:

Tênis com saia e vestido

Eu sempre levo meu tênis branco nas viagens

Em um mundo em que cada vez mais as pessoas se aceitam e não segue tanto os padrões, regras de pode e não pode na hora de se vestir não tem vez. Assim, esquece de uma vez que tênis não combina com vestido e saia (e que isso é coisa para jogadora de tênis) pois combina sim! O calçado deixa o look leve e despojado, casando muito bem com peças mais formais, como saia midi e saia lápis. Como é neutro, abuse de roupas estampadas.

Tênis com longos

Euzinha que achava que dessa água nunca beberia e acabei bebendo hahaha

Essa é uma das combinações que mais tenho ousado e usado. Sou baixinha e sempre achei que vestindo um longo ficaria mais baixa ainda. Há um tempo parei de me importar com isso e me joguei nos vestidos longos e hoje não vivo mais sem. Recentemente optei por uma combinação que muita gente torce o nariz, vestido longo + tênis, e amei muito. Além de ter ficado elegante, ainda estava bem confortável.

Tão bom quando a gente ousa na hora de se vestir e ainda se sente bem. É assim que a moda tem que ser: fazer a gente se sentir bem com quem somos!

Tênis com calça

Eu amo usar o o meu com calça pantacourt

Essa é a combinação clássica e vai bem em todo lugar. Eu gosto de dobrar a barra da calça jeans quando uso tênis, para ele “aparecer” um pouco mais. Amo usar o calçado com calças mais soltas, tipo pantalona, ou com calça pantacourt, pois combina muito com meu estilo, dá uma leveza e ainda confere despojamento e conforto ao look.

Para sair da mesmice, encoste a combinação calça jeans e tênis e aposte em peças mais fluídas, tipo calça pijama, pantacourt (como essa da Amaro acima) ou pantalona.

Tênis com short

Típico look de domingo, essa combinação é a mais fácil de fazer e a escolha de quase todas as mulheres para atividades ao ar livre, uma viagem ou um passeio de domingo. Para looks de balada opte por uma blusa com pedrarias combinado com um short jeans azul, ou aposte em um short de couro ou lurex e uma blusa ou camiseta mais básica.

No dia a dia se jogue nos shorts jeans, de linho e alfaiaria.

E vocês, gostam da peça? Qual a combinação você mais gosta?


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 10/07/2019

Muita gente acha que tirar o passaporte pela primeira vez é um bicho de sete cabeças, mas não é bem assim não. Na verdade o processo é bem simples e a solicitação do passaporte é feito no site da Polícia Federal. Veja como é simples:

Passo a Passo para tirar o passaporte pela primeira vez

Preencha a solicitação de novo passaporte no site da Polícia Federal (PF) com seus dados pessoais, profissão, endereço, nacionalidade, entre outros. Confira aqui a lista de documentos necessários para preencher a solicitação. O site  da PF recomenda usar o navegador Firefox/Mozilla;

Após o preenchimento, será gerado um protocolo e um Guia de Recolhimento da União (GRU) para pagamento (sim, senhores, nada é de graça rs);

Pague a taxa de emissão (atualmente a taxa é R$257,25);

Após a compensação do pagamento (que varia de 1 a 3 dias), agende a data par comparecer à uma das unidades emissoras do Passaporte pela Policia Federal. No momento do agendamento, são mostrados as cidades e postos disponíveis;

No dia agendado, compareça ao posto da PF com 15 minutos de antecedência, munido da documentação original exigida,  o comprovante de pagamento GRU e do comprovante de agendamento. Se você casou e mudou o nome ou é naturalizado brasileiro, leve Certidão de Casamento e Certificado de Naturalização, respectivamente;

Depois é só aguardar o passaporte ficar pronto, ir lá buscar (munido com sua Identidade) no horário e local indicados no dia da solicitação. Depois disso é só correr para o aeroporto hahaha.

E você, teve dificuldades na hora de tirar seu passaporte? como foi?


Por Di Lua, sobre Dicas de Goiânia
Dia 06/07/2019

Vem para Goiânia e não sabe o que fazer? Os filhos estão de férias e não sabe onde leva-los? Gosta de andar de patins mas não conhece nenhum lugar apropriado para isso? Que tal conhecer o Centro Cultural Oscar Niemeyer?

O Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON) é um complexo de espaços culturais situado às margens da GO 020, perto do Shopping Flamboyant, em Goiânia. Ele foi inaugurado em março de 2006 e desde então é palco de diversos eventos relacionados à cultura, e um dos principais pontos de lazer dos goianienses.

O projeto do complexo é do arquiteto carioca Oscar Niemeyer e, por isso, o Centro foi batizado com seu nome. Apesar disso, muitas salas levam o nome de artistas goianos. Os edifícios do complexo foram todos construídos em formas geométricas e se tornaram ícones de Goiânia, sendo avistado de vários lugares da cidade.

O Centro é composto pela Esplanada Juscelino Kubitscheck, onde ocorre eventos, shows, apresentações, e onde os goianienses gostam de ir aos finais de semana para andar de patins e skate. Também é composto pelo prédio da Biblioteca, o MAC – Museu de Arte Contemporânea, pelo Palácio da Música, e pelo Monumento aos Direitos Humanos.

Biblioteca do Centro Cultural Oscar Niemeyer

No dia 19 de junho de 2019 foi inaugurada a maior biblioteca infantil do estado no Centro Cultural Oscar Niemeyer. O acervo conta com mais de 4600 títulos, com obras de Machado de Assis, JK Rowling, Monteiro Lobato, entre outros. Na programação da biblioteca há sessões de cinema, atividades de cotação de história, teatro e diversas oficinas.

O CCON funciona de terça a domingo, e a entrada é gratuita. Aos finais de semana há empresas que alugam patins e skate para quem quiser se aventurar nos esportes rs.

Confira mais dicas do que fazer em Goiânia aqui.

Você é de Goiânia? Conhece o Centro Cultural Oscar Niemeyer? Comente aqui:


Páginas12345... 235»