Por Di Lua, sobre Moda/Beleza
Dia 29/11/2014
Oscar-Freire-look-lary-di-lua-1024x768 Oscar Freire
Boa tarde! Este foi o look que usei para ir a São Paulo. Como não queria perder muito tempo, pensei em um look que eu pudesse ir no avião ( devido ao ar gelado) e que eu pudesse bater perna na Oscar Freire e na Av. Paulista, por isso optei em algo mais confortável e para temperaturas mais amenas.
av-Paulista-look-lary-di-lua-1-768x1024
av-Paulista-look-lary-di-lua-2-1024x920Av. Paulista
Blusa de Renda – 44, Goiânia – R$20,00
Calça preta – Renner – R$39,99
Bota rocker Riachuelo – R$49,90
Bolsa Borboleta – R$40,00

E aí, o que acharam do look ?


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 27/11/2014
Castelo Rá-Tim-Bum a exposição são paulo lary di lua

Bom dia, boa tarde, ou boa noite! Dei uma sumidinha do blog, mas foi por uma ótima causa. No sábado fui para São Paulo com uma amiga, e só voltamos ontem. Durante esses dias, fui em alguns lugares legais, entre eles na Exposição do Castelo Rá-Tim-Bum, que está perfeita e me fez querer ficar lá para sempre rsrs.

”Castelo Rá-Tim-Bum – A exposição”

”Castelo Rá-Tim-Bum – A exposição” apresentada pelo MIS (Museu da Imagem do Som de São Paulo), desde o mês de julho, tem feito tanto sucesso que já foi prorrogada umas três vezes. Ela é uma homenagem ao programa infantil da TV Cultura, que completou 20 anos do início de sua veiculação este ano.

Nossa nossa nossa – Celeste

Fiquei maravilhada com a produção e, principalmente, me senti realmente no Castelo Rá-Tim-Bum. Tudo é perfeito nos mínimos detalhes, há muitas peças do acervo original do programa, que foram recuperadas e restauradas pelo MIS. São mais de dez ambientes, alguns com os bonecos originais ou figurinos dos personagens.

Para entrar no Castelo temos que acertar a charada feita pelo porteiro, e só então o porteiro fala sua famosa frase: “Klift Kloft Still, a porta se abriu”. Lá dentro, uma holografia do Nino, o garoto de 300 anos que vivem com o tios Dr. Victor e Dona Morgana, e o relógio recebem os visitantes.

A primeira entrada dá acesso à biblioteca do gato pintado, um lugar incrível e idêntico ao apresentado no programa. E logo depois está o laboratório do Tíbio e do Perônio, dois cientistas malucos que sempre aparecem após algo interessante acontecer.

“interessaria muito a uma pessoa. Uma não, duas”

O figurino do Dr. Victor está em sua oficina, onde também esta Flap e Tap, o par de botas com óculos escuros que sempre falam rimando um com o outro.

Nos encanamentos do Castelo

Visitamos os encanamentos do Castelo, onde o Mau vive correndo. Godofredo, uma ratazana que mora com Mau, também estava lá. Quem não se lembra da Gargalhada Fatal do Mau ?!?!

A sala de música também é incrível, assim como a sala da lareira.

Nave do Etevaldo

O figurino do rapaz do Telekid que sempre tenta responder a dúvida dos personagens, e o figurino dos amigos do Nino: Pedro, Bia e Zequinha.

Voltando a infância

Que criança da década de 90 que nunca lavou a mão cantando a música “Lava uma mão, lava outra, lava uma mão” ???, uma pia mostrando o vídeo foi recriado na exposição, assim como o figurino do entregador de pizza, Bongô, da Caipora e da Penélope, personagens que sempre visitavam o castelo.

Ratinho e os fura-bolos
Quarto do Nino
Quarto da Morgana
Passarinho … Que som é esse?
Enquanto isso, no lustre do Castelo …| Lana e Lara
Dr. Abobrinha

Informações do ”Castelo Rá-Tim-Bum – A exposição

22/07/2014 – 25/01/2015
Horários da bilheteria:
Terça à sexta: 10h às 21h
Sábado: somente venda online
Domingos e feriados: 9h às 20h
R$ 10 (inteira), R$ 5 (meia) | Gratuito às terças e para menores de cinco anos.


Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 19/11/2014
Quem gosta de viajar e/ou viaja bastante sempre se depara com o mesmo problema: muita coisa para pouca mala rsrs. Sim, sou daquelas que leva várias roupas, sapatos e que vê um unicórnio andando pela sala e quer levar, vai que precisa ne!? rsrs
Sempre procuro alternativas para deixar a mala com espaço sobrando para as compras, rsrs, o quê é difícil. Como vou viajar no sábado para São Paulo com uma amiga e vamos ficar apenas quatro dias, procurei ”minimizar” o volume da minha mala seguindo estas dicas:
– Poucas peças de roupas e que se combinam entre si;
Muitas vezes levo roupas que acabo nem usando.
– Cobertores e toalhas não muito volumosos;
Sempre opto por cobertores mais finos quando vou para lugares onde o clima não está tão frio, e sempre arrumo um jeito de coloca-los no fundo da mala, para não ter que levar outra mala.
-Dividir roupas, comida, remédios, produtos de higiene em necessaires especificas e pequenas;
Tenho necessaire para cada tipo de coisa, pois com isso consigo deixar minha mala mais organizada e evita que cosméticos sujem as roupas.
– Potes e frascos menores de produtos de beleza, …
Sempre tento colocar os cosméticos, como xampu e condicionadores, em frascos menores. Dessa vez encontrei um kit de frascos de plásticos em uma lojinha de importados aqui em Goiânia, e com um precinho ótimo. Veja abaixo.
Na internet há opções baratas e legais para facilitar essa organização:

1- Kit Organizador Ricca R$ 14,32
2- Kit Viagem Bestway – Travesseiro + sombra para olhos + plug de orelha R$8,94
3 – Kit de Frascos Western R$6,99
4 – Kit Colgate para Viagem R$18,90
5 – Protetor de Pescoço Walmart R$ 27,90

 

Kit de frascos para viagem que comprei na loja Jing Xiang, no Centro de Goiânia, por apenas R$2,00. Aproveitei e comprei logo dois. Os frascos são pequenos, acho que de 10 ml, mas para viagens curtas valem super a pena.E vocês, como arrumam a mala de viagem ?


Por Di Lua, sobre Dicas de Goiânia, Moda/Beleza
Dia 17/11/2014
 

 

Durante o Vogue Fashion’s Night Out 2014 Flamboyant assisti, também, ao bate-papo “Ser Fashion é Fácil”, com Dudu Bertholini, Fábia Bercsek, João Pimenta e André Hidalgo. Os estilistas debateram o cenário atual da moda e como é fácil ser fashion e ter seu próprio estilo nos dias atuais.
O estilista Dudu Bertholini começou o bate-papo falando que liberdade é o que melhor define a moda hoje, em pleno século XXI. Para ele, a facilidade com que a informação chega aos lugares possibilitou as pessoas  a conhecerem diferentes tendências, e a partir daí elas criarem seu próprio estilo. Principalmente porque hoje a moda não vem apenas das passarelas ou dos editores de moda, mas também do cinema, da música, das blogueiras, das comunidades … .
Concordando com essa ideia, a estilista Fábia Bercsek destacou que hoje existe grande liberdade na linguagem de moda, cada um é livre para ter o seu estilo, misturar tendências. Há de fato uma democratização da moda.
Fábia Bercsek
João Pimenta, também estilista, explicou que é muito mais fácil a mulher ter seu próprio estilo, do quê o homem, pois ainda há uma grande barreira.  Segundo ele, ainda há aqueles que acham que a moda define opção sexual e por isso acabam optando pelo básico.
João Pimenta
Para André Hidalgo, da Casa de Criadores, a moda tem valorizado muito os estilos pessoais. As produções e marcas tem focado nisso. “Para se vestir bem não precisa gastar muito dinheiro, da para mesclar muito”.
André Hidalgo
Leia a primeira parte, com palestra da Daniela Falcão da Vogue, aqui.

Páginas123