Por Di Lua, sobre Entretenimento, Lugares
Dia 18/04/2019

Sou apaixonada em Outlander, a série sobre uma viajante do tempo, Claire Fraser, que vive diversos momentos importantes da história na Escócia. A trama é baseada na série de livros de Diana Gabaldon, cuja primeira edição foi publicada em 1991 (ano que eu nasci) nos EUA.

Claire (Caitriona Balfe) é uma enfermeira que viaja com o marido Frank (Tobias Menzies) para a Escócia após o término da Segunda Guerra Mundial. Durante um passeio próximo de Craigh na Dun, Claire acaba sendo transportada para a Escócia de 1743, onde conhece Jamie Fraser, por quem acaba se apaixonando.

Mas não pense que a série trata só do romance de Claire e Jamie e as consequências disso, pois ela vai muito além. Nos primeiros episódios conhecemos a cultura escocesa, sobre a formação dos clãs, e o levante jacobita, a batalha de Culloden, e diversos momentos importantes da história mundial, e, ao longo da série, vemos também a história da imigração escocesa nos Estados Unidos. A participação da mulher na sociedade também é um tema muito abordado na série, uma vez que Claire é uma enfermeira, que mais tarde se torna médica, e volta para o século XVIII, período em que a mulher que entendia de cuidados médicos, plantas medicinais, ou ler, era considerada bruxa.

Além de ser uma série maravilhosa, Outlander me fez ter uma vontade enorme de conhecer a Escócia, e por isso, vez ou outra me pego pesquisando lugares em que a série se passa e que eu poderia conhecer em uma viagem para lá.

Lugares na Escócia onde foi filmado Outlander.

Inverness – Falkland

Claire e Randal viajam para Inverness, atual capital da região de Highland. Apesar de realmente existir e fica a 260km de Edimburgo, as cenas no local foram gravadas na praça principal de Falkland, no condado de Fife. Inclusive o hotel mostrado no primeiro capítulo da série pode ser reservado aqui.

Craigh na Dun – Rannoch Moor

Rannoch Moor

As cenas de Craigh na Dun, a região onde fica o círculo de pedra onde Claire se teletransporta no tempo , foram gravadas em Rannoch Moor, em Perthshire, e as pedras feitas em isopor. Apesar disso, existem diversos círculos de pedras na Escócia, principalmente por ali ser berço da cultura celta. Um destes locais é Clava Cairns, próximo ao local onde aconteceu a batalha de Culloden.

Clava Cairns

Castelo de Leoch – Doune Castle

As cenas na residência de Colum Mackenzie e seu clã, o Castelo de Leoch foram gravadas no Doune Castle, um castelo medieval construído no final do século XIV perto de Stirling. O local também serviu de locação na primeira temporada de Game of Thrones.

Lallybroch – Midhope House

As cenas de Lallybroch, o lar dos Fraser’s, foram filmados em Midhope House, um castelo construído no século XVI. As visitas internas são proibidas devido ao péssimo estado de conservação do local, mas você pode visitar a parte externa do local, em determinadas épocas do ano. Confira as datas atualizadas neste site aqui.

Culloden

Como todos os fãs de Outlander já sabem, a Batalha de Culloden realmente existiu. Foi uma batalha entre as tropas do governo britânico e dos rebeldes jacobitas, escoceses das Terras Altas, que teve seu desfecho no pântano de Culloden, perto de Inverness, no dia 16 de abril de 1746. Não sei ao certo se as cenas da série foram realmente gravadas onde aconteceu a batalha, mas no local há lápides em homenagens à vários clãs da Escócia, inclusive do Clã MacKenzie e do Clã Fraser, famílias reais que aparecem na série.

*Post com informação do Contando as Horas e do Turistando.In

**Imagens Reprodução


Por Di Lua, sobre Lugares
Dia 14/11/2016

toca-hobbit-airbnb-lary-di-lua-4

Você já pensou em viajar e ficar em uma verdadeira toca Hobbit? Em Orondo River Park, Washington (EUA) você pode se hospedar na “Casa Minúscula do Condado (Tiny House in the Shire)”, da Kristie. A construção é inspirada em uma toca hobbit e está localizada na encosta da Columbia River Gorge.

toca-hobbit-airbnb-lary-di-lua-5

A casa, disponível para aluguel no Airbnb, encanta logo na primeira vista com sua icônica porta redonda. Do quarto principal, o hóspede tem uma vista magnífica por uma janela, também redonda. Além disso, todo o interior da casa é decorado inspirado em uma toca do Bolsão. Não tem como não se imaginar em um livro de J. R. R. Tolkien.

toca-hobbit-airbnb-lary-di-lua-6

Para se hospedar na “Tiny House In the Shire”, o hóspede irá desembolsar R$873 pela diária. A toca acomoda duas pessoas, tem aquecimento central e lareira. Segundo a própria descrição da proprietária, a “maioria dos vizinhos serão veados, coelhos, pássaros e galinhas”. Ah, e o perfil da casa no Airbnb conta com 91 avaliações positivas.

toca-hobbit-airbnb-lary-di-lua-2

Eu fiquei encantada assim que coloquei os olhos nessa toca Hobbit, e ela já está na minha wishi list, Hospedagens do Sonho, do Airbnb.

toca-hobbit-airbnb-lary-di-lua-3

Airbnb

O Airbnb é um site comunitário de hospedagens, onde as pessoas alugam um quarto em sua casa ou todo o espaço. Para isso basta se cadastrar no site e pesquisar valores em mais de 34.000 cidades e 191 países. Você se hospeda bem pagando relativamente baixo para isso, e ainda pode ganhar uma renda extra ao locar um espaço de sua residência. O site, foi criado em 2008 em São Francisco, na Califórnia. 

Descobri o Airbnb por indicação de uma amiga. Vou para São Paulo no início de dezembro e estava olhando tarifas de hotéis e hostels na região da Avenida Paulista. Contudo, após ela me falar do site, pesquisei e não tive dúvidas na hora de escolher um apartamento bem localizado e com a diária bem em conta. Após essa viagem, irei fazer um outro post para contar minha experiência.

Ah, quer receber R$85 de desconto em sua primeira viagem? Use meu código: www.airbnb.com.br/c/laryssam169

Ficou com vontade de se hospedar nessa toca hobbit? já conhecia o Airbnb? Me conte aqui nos comentários.


Por Di Lua, sobre Lugares
Dia 26/11/2015

Castelo de Arundel lary di lua (2)

Localizado em West Sussex, na Inglaterra, o Castelo de Arundel foi arquitetado em 25 de dezembro de 1067 por Roger de Montgomery, que foi coroado como conde de Arundel pelo rei inglês Guilherme, o Conquistador. A construção do Castelo de Arundel, que é um dos mais belos e conservados da Idade Média em toda Grã-Bretanha, foi iniciada em 1070.

História do castelo

No ano 1102, Henrique I, filho do rei Guilherme, tomou posse do castelo e o doou-o a Gilherme de Aubigny. O Castelo de Arundel permanece há 400 anos na posse desta família, cujo descendente atual é o Duque de Norfolk. O Castelo foi símbolo do catolicismo na Inglaterra, pois a família dos antigos e atuais duques recusou a Revolução Protestante.

Castelo de Arundel lary di lua (1)

Durante a Anarquia, em 1139, o castelo serviu de refúgio para a Imperatriz Matilde. E no período da Guerra Civil Inglesa, a edificação foi completamente destruída, sendo restaurada no século XVIII e XIX.

Duques

Os duques de Norfolk são representados atualmente pelo 18º Duque, Edward Fitzalan-Howard, que, assim como os outros duques, porta o título de Marechal Hereditário da Inglaterra. Eles são os últimos a conservarem o direito hereditário de fazerem parte da Câmara dos Lordes, cujo detentor é denominado como “Primeiro dos Duques Pares da Inglaterra”. Por isso, Edward Fizalan-Howard sempre acompanha a rainha quando ela vai à Câmara dos Lordes, ou quando ela realiza o discurso de abertura das sessões. Enquanto conde de Arundel, o Duque é o “Primeiro Conde” do reino, pois governa uma das primeiras famílias aristocráticas da Inglaterra.

Castelo de Arundel lary di lua (6)

O castelo com o passar dos anos

Com o passar dos anos, a historia e conflitos travados na região foram conferindo ao Castelo de Arundel, força e elegância. As torres mediais sem janelas, que são destaques na construção, delimitam o perímetro do castelo. Muros também rodeiam todas as instalações, expressando a preocupação militar. Para que a luz entre no interior do castelo, foram feitas grandes janelas góticas. O pátio interior tem um belo jardim. Nas paredes: escudos e bandeiras com as armas dos duques de Norfolk.

Castelo de Arundel lary di lua (5)

O Castelo de Arundel está aberto à visitação entre os meses de abril e agosto. Durante a visita é possível percorrer vários aposentos, inclusive o grande salão e sua torre principal. Além disso, é possível apreciar tapeçarias, móveis, pinturas e esculturas, além dos quartos construídos especialmente para a visita da Rainha Victoria, que ficou hospedada no Castelo em 1846.

Castelo de Arundel lary di lua (4)

Para saber mais, visite o site oficial do Castelo aqui.

E vocês, já conhecem o Castelo de Arundel ? Ficaram com vontade de conhecer ?


Por Di Lua, sobre Lugares
Dia 30/09/2015

lago hillier lary di lua (3)

Localizado em Middle Island, no arquipélago de Recherdche (Austrália), o Lago Hillier chama a atenção de qualquer pessoa devido a uma característica peculiar: é rosa. A cor da água é permanente, mesmo que ela seja recolhida em algum recipiente. O lago e a ilha foram descobertos durante uma expedição, em 1802, comandada pelo capitão inglês Matthew Flinders.

Com 600m de comprimento, o lago é rodeado por uma borda de sal e uma densa floresta de melaleuca (árvore nativa da Austrália) e eucalipto. Uma estreita faixa de dunas de areia separa Hillier do Oceano Antártico.

Ainda não se sabe exatamente porque a cor do lago é rosa, porém, alguns cientistas acreditam que as baixas concentrações de nutrientes e o crescimento de algas (como a Dunaliella Salina) e bactérias do gênero Halobacterium são os principais responsáveis por essa característica peculiar do Hillier.

Essa peculiaridade não é única do lago Hillier,há pelo menos outros quatro na Austrália e mais quatro espalhados pelo mundo. O Hutt Lagoon, Pink Lake, Field of Pink Lakes e Quairading Pink Lake são os lagos rosas encontrados na Austrália Ocidental. Já o lago Retba  fica no Senegal, o Salina de Torrevieja na Espanha, o Dusty Rose Lake no Canadá, e o Masazirgol no Azerbaijão.

lago hillier lary di lua (5)

Gostaram? Já tinham ouvido falar do Lago Hillier ou de outro lago rosa? Comente aqui!


Páginas123