Por Di Lua, sobre Diário de Viagem
Dia 02/06/2016

Lagoa Santa GO lary di lua (3)

No último feriado viajei com minha família para Lagoa Santa, município do sul goiano, que possui como principal atrativo uma lagoa natural com águas termais, cuja temperatura varia de 29º à 33°C. Há muito tempo eu e minha mãe queríamos conhecer o local, que é um dos principais pontos turísticos do meu estado.

Lagoa Santa GO lary di lua (1)

A lagoa é realmente muito linda, mas achei que a água seria mais quente rsrs. O frio ainda não chegou totalmente em Goiás, mas no sul do estado o clima é sempre bem mais ameno que em Goiânia, então a água estava em uma temperatura agradável. O que chama atenção na lagoa é o conjunto: lago, vegetação, passarela de madeira, peixes, água cristalina, e a variedade de pássaros que sempre passam por lá. A água da lagoa é muito clara, e por isso é possível ver a grande quantidade de peixes, os corais e as plantas aquáticas. Os turistas adoram tirar fotos embaixo d’água (eu não tirei a minha, pois estava de lente 🙁 e se tirasse a lente não ia enxergar nada rsrs), e os peixinhos gostam de beliscar nossos pés.

Lagoa Santa GO lary di lua (4)

A Lagoa Santa fica no centro da cidade, que também conta com um lago e fica a margem do rio Aporé, bem na divisa de Goiás com Mato Grosso do Sul. A lagoa está localizada nas propriedades do Hotel Thermas Lagoa Santa, e por isso, que se hospeda nele tem acesso livre à lagoa. Contudo, há varias opções de estadia na cidade, como hotéis e pousadas, com preços baixos e bem atrativos. Para entrar na lagoa, o preço varia de acordo com o dia da semana: de segunda – quinta, o ingresso custa R$10, aos finais de semana custa R$30 e nos feriados prolongados custa R$40. Idosos e estudantes (portando carteirinha com selo da UNE) pagam meia.

Lagoa Santa GO lary di lua (5)

Hospedagem

Nos hospedamos no Hotel Mori, que fica a uns 50 metros da entrada da Lagoa, ou seja, bem pertinho. Na diária, R$85 por pessoa, estava incluso café da manhã e almoço. O Hotel é simples, mas aconchegante, e todos os quartos contam com frigobar, ar condicionado, banheiro privativo, TV e Wifi. Achamos a diária muito em conta, visto que era feriado e ainda estava incluso o almoço, ou seja, um gasto a menos.

Outra opção é ficar hospedado no Hotel Thermas Lagoa Santa para ter acesso livre na Lagoa ou no Akira Hotel, que tem acesso livre a dois clubes, o Pirizal Thermas Club, que fica em São João do Apóre-MS (pertinho da Lagoa Santa e dá para ir a pé) e no Balneário Kin Gin.

Lagoa Santa GO lary di lua (2)

História

A história da Lagoa Santa tem sua origem entre 1880 e 1890, quando desbravadores adentraram a região em busca de terras férteis. Segundo a historia, o fazendeiro mineiro Vergílio Ferraz saiu para caçar juntamente com dois homens da região e encontraram uma lagoa de águas quentes, límpidas e com grande variedade de peixes. Ao se banharem na lagoa, sentiram melhoras em seus corpos e descobriram o poder medicinal das águas, daí surgiu o nome do local: Lagoa Santa. Os descendentes de Vergílio acabaram construindo uma simples pensão para receber os visitantes de todo o país, que se acomodavam de 20 a 30 dias em busca das propriedades curativas da lagoa. Em 1998 Lagoa Santa, que era um distrito de Itajá (GO), foi desmembrada e se tornou um município.

Lagoa Santa GO lary di lua (6)

Rio Aporé