Por Di Lua, sobre Diário de Viagem, Uncategorized
Dia 10/07/2013

O FICA (Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental) acontece desde 1999 na Cidade de Goiás e tem como principal objetivo aumentar o debate ambiental por meio da cultura e do cinema. Em 2011 fui ao festival pela primeira vez e gostei. No ano passado fui para o lançamento do curta em que participei da produção: Sol Inimigo – o drama do povo no Recanto das Araras. Esse ano fui novamente e consegui prestigiar entre outros, o bate papo com o cineasta Fernando Meirelles e o debate do jornalista Ambiental André Trigueiro com Roger Straessle ( editor suíço de uma revista ambiental).
O bate papo com o Fernando foi emocionante, e até me fez pensar seriamente em fazer uma pós em cinema e colocar em prática uns projetos de curta que tenho na minha gaveta. Confira no vídeo abaixo, parte desse momento.
Já o debate do André Trigueiro que foi sobre o “Papel do Cinema e da TV na conservação ambiental” veio a calhar. Eu meio que vivo em uma insatisfação de récem-formada, na qual percebi que o problema não era qual curso fazer, mas o quê fazer depois de formada. Então me vejo ouvindo o André ( jornalista que eu já admirava e havia conhecido durante o Congresso de Jornalismo Ambiental no Rio de Janeiro em 2011) falando sobre o papel do jornalista na sociedade atual, e como ele deve agir na preservação do meio ambiente vi que fiz o curso certo, e a questão agora é definir meu foco.
O Festival consegue unir música, cinema, meio ambiente e cultura, além de mostrar/revelar produções que não são tão conhecidas, mas que são de grande importância.